O segundo dia no Rally Estrada Real também teve cerca de 200 km, saiu da Pousada dos Lagos e chegou na Universidade Federal de Juiz de Fora, depois de quase 7 horas de prova.

Esse dia teve paisagens belíssimas, apesar de longo teve mais balaios que no dia anterior e também alguns contratempos. Depois do problema com a aferição do dia anterior todos estavam “com um pé atrás” de andar confiando 100% no hodômetro o que levou a todos, isso mesmo, todos os carros da prova “errarem” um balaio. Coloco errarem entre aspas pois foi uma situação estranha. A tulipa indicava que deveríamos entrar a esquerda entre duas árvores e deixar um curral na direita, lembrando que os desenhos não são feitos em escala e algo que está desenhado ao lado as vezes pode estar a vários metros de distância. Todo mundo fez isso, porém as duas árvores que estavam desenhadas não eram as duas árvores que se avistava quando o hodômetro “batia”, depois da segunda árvore haviam algumas outras ávores (mais próxima do curral) e o correto era ter passado então entre a segunda árvore e essas árvores que estavam depois. Na minha opinião (Priscilla), quando TODOS os carros “erram” geralmente tem alguma coisa equivocada na planilha… mas só descobrimos isso na chegada e ainda tinha muito rally pela frente!

Logo na sequencia deste ponto havia um outro balaio, que quando chegamos estava uma confusão, carros parados em cima de um mata burro e que não nos deixaram passar, com isso atrasamos mais de um minuto. Quando finalmente conseguimos passar e continuar o laço foi uma correria, vários carros seguindo um atrás do outro querendo tirar tempo, foi até perigoso pois nessa hora parece que os pilotos não pensam muito no que pode acontecer, só querem acelerar e pronto.

Esses dois pontos que geraram dúvidas estão no vídeo:

Saímos atrasados e comendo poeira, mas logo os carros da frente foram se distanciando e a poeira baixando.  Bem mais pra frente tivemos o terceiro problema do dia: passamos por uma porteira e depois de 1,2 km andando em uma estrada principal deveríamos entrar a direita. Quando nosso hodômetro “bateu” (não estava exato ainda, mas no segundo dia já estava bem melhor) entramos, era uma rua e entrava em uma fazenda, quando a referência seguinte não bateu resolvemos voltar e ver se tinha outra entrada. Quando estávamos voltando para a principal o carro que estava atrás da gente estava chegando. Seguimos pela principal e menos de 20 metros depois tinha outra entrada, dessa vez a certa, e as próximas referências começaram a bater, mas já estávamos mais de 1 minuto atrasados e demoramos muito tempo para conseguir  voltar para nosso tempo ideal. Ficamos bem desanimados depois disso, pois como as ruas eram muito próximas e a referência anterior estava muito longe com certeza o hodômetro não bateria certinho e achamos que as duas entradas deveriam estar desenhadas, mas como rally só termina quando acabada seguimos em frente. Esse foi um longo assunto a noite…

Seguindo a prova, fizemos um neutro em Ibitipoca, mais alguns lacinhos curtos e chegamos em Juiz de Fora. As parciais foram entregues a noite e começou a discussão sobre os problemas que já falamos.

Descobrimos que a rua que entramos errado tinha uma tronqueira que foi aberta por um dos participantes e que  deixava a dupla interpretação, com a porteira fechada era mais difícil de errar. Por isso o diretor de prova de prova resolveu transformar o primeiro PC que vinha na sequência em passagem, porém, como já falamos, demoramos muito para entrar no tempo por causa das altas velocidades e ainda acabamos passando bastante atrasados em outros dois PCs.

E por causa da porteira fechada lá no primeiro laço, vários PCs de tempo também foram transformados em PCs de passagem e foi feita a premiação.

 

RESULTADO SEGUNDO DIA

GRADUADOS

1º GLAUBER FONTOURA / VANDERLEI MARQUES
2º PAULA BREVES / VILMA QUINTAES
3º ANDERSON MAGALHÃES / ANDRÉ GURJÃO
4º JEOLAYNE PINTO / TIAGO VILAÇA
5º MIGUEL SONO / ROSI VASCONCELOS
6º LEANDRO ALMEIDA / LOBSANG MAX
7º EDSON FONSECA / RENAN FELIX

Foto: Max Rally

Premiação Graduados. Foto: Max Rally

TURISMO

1º SANDRA DIAS / MINAE MIYAUTI
2º RAFAEL CAGNIN / RAPHAEL BORGES
3º BRUNO CALIXTO / PAULO ROBERTO MANSO
4º CARLOS EDUARDO CARVALHO / LEANDRO SERENO
5º LEONARDO MAGALHÃES / PRISCILLA ARGENTIN
6º FLAVIO BOGHOSSIAN / GIULIA BOGHOSSIAN
7º RENATO LEAL / HERCULES BRUNO
8º FERNANDA CARDINALI / FERNANDO CARDINALI

TURISMO LIGHT

1º 27 BRUNO SANTORO / TELMO MARTINS
2º 26 SERGIO MAURANO / ADRIANA MAURANO
3º 37 BRUNO SANTOS / JOAO ARTHR
4º 32 RODRIGO FERREIRA / ALINE CAMERINI
5º 29 MARCOS COSTA / MARIANA COSTA
6º 22 GUSTAVO MORAES / MARCELO CARESTIATO
7º 24 MARCUS SEGOND / VALERIA BRAGA
8º 31 CLAUDIO FERREIRA / GUSTAVO FERREIRA
9º 28 ROBERTO AZEVEDO / ANDRÉ MELLO
10º 33 PAULO SILVA / LUCIANA CRUZ
11º 30 CLAUDIO CHAVES / LUCAS PICININI
12º 23 ANDRE SOUSA / PEDRO HENRIQUE SOUSA
13º 25 LUIS FERNANDO FERREIRA / DENISE SANTOS
14º 34 DANIEL SOUZA / DIANE TEIXEIRA
15º 35 RONALDO RIBEIRO / JUNIA LAGE
16º 36 FABIO BAUER / LUIS FELIPE BAUER
17º 19 LUCIANA SCARABELLI / LEONARDO SCARABELLI

Foto: Max Rally

Premiação Turismo Light. Foto: Max Rally

.

Apoiadores2016

.

.

o post 2º dia no Rally Estrada Real apareceu primeiro em Tulipa Rally.