Ribeirão Preto… sem dúvida a prova de rally da Mitsubishi mais esperada do ano para todos os competidores.

.

Sempre uma promessa de um grande dia, de um grande evento… mas não foi bem assim desta vez. Ah, foi sim e vou contar para vocês o que mais nos deixou felizes e o que mais nos deixou tristes.

.

Calor, a cidade é muito quente, mas isso não importa quando se tem bons amigos, não é mesmo? E é isto mesmo!

Saímos cedinho de São Paulo na sexta-feira para andarmos os 300km o mais rápido possível, até chegarmos na casa de pessoas fantásticas, o casal Fernando e Christina Posseti. Chegando lá fomos recepcionados por grandes amigos com um belo churrasco feito com todo capricho pelo Camilo Turcatto e um belo barril de chopp para refrescar os mais de 40º que faz nesta cidade. É muito gratificante termos amigos como estes, sempre dispostos a receber esta família enorme que devido ao rally nos acolheram muito bem. Isto nos deixa felizes!

.

Depois de uma tarde muito agradável, era hora de todos nos prepararmos para o rally. Passamos no supermercado para comprarmos os alimentos para a doação do evento, posto de combustível para calibrar os pneus e encher o tanque e toca para a secretaria de prova.

O lugar já é conhecido dos competidores, o centro de eventos Taiwan é muito legal e o salão do evento comporta bem as mais de 1000 pessoas que fizeram parte da grande final do rally da Mitsubishi. Como de costume, acontece simultaneamente o Mitsubishi Motorsports (rally de regularidades) e o Mitsubishi Outdoor (rally de aventura), mas desta vez algo diferente estava acontecendo. Haviam cerca de 100 carros ASX todos laranjinhas parados na frente do salão do evento, mas esses eram diferentes, algo novo estava aí! Era o ASX Outdoor, uma versão de aventura do carro da Mit que veio para ocupar uma parte do espaço da nossa querida Pajero TR4 que teve sua fabricação finalizada no final do ano passado. Quer saber mais sobre o ASX? Acesse este link e confira a matéria de quem participou do rally com o ASX.

Confesso que ao ver tantos carros na mesma prova de regularidade meu deixou apreensivo, já estava achando que iriamos cruzar com muitos carros laranjinhas perdidos no meio do caminho, mas logo descobrimos que seria uma prova especial para concessionários da Mitsubishi e iriam para outras fazendas, num rally só para eles. Muito bem pensado pelo nosso estimado diretor de prova, Lourival Roldan.

.

Depois de passarmos pela secretaria de prova, como de costume fomos adesivar o carro e correr para o Briefing, onde ficamos sabendo de algumas novidades como o calendário 2016 (veja aqui) e a abertura da oficina da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors, para qualquer interessado e com novidades para carros de rally. Sobre a prova o recado foi rápido: prova demorada. Basicamente isso. Andariamos mais de 6 horas de prova com médias justas e bastante balaios.

Cedo, bem cedo, mais cedo que de costume, a prova começou. Largada do primeiro carro as 7h30 da manhã, e também como de costume, a TPR (Tensão Pré-Rally) não nos deixou dormir direito, mas nada que um energético Vulcano não resolva, não é mesmo Ariel e Pamela? Nossos amigos e parceiros do Tulipa Rally, de Goiânia, estavam lá para dar uma gás pra galera.

.

Um pouco antes da largada conhecemos o Guto, repórter do jornal O Dia de São Paulo, que foi conosco de zequinha e depois escreveu sobre a prova (veja a matéria aqui).

Agora ligados no 220v, vamos pra prova. Sobe a rampa, aguarda o tempo e toca pra terra!

A primeira prova foi muito boa, velocidade ótima, terreno bom de se andar, balaios curtos, foi show. Nem vimos o tempo passar. Terreno com muita cana que eu particularmente gosto muito de andar. Passamos por plantação até de alface.Alguns pontos com lama, mas no final das contas poucos buracos no trajeto.

Não erramos nada na prova, mas também não estava nos meus melhores dias e no começo não estava me acertando nas muitas mudanças de médias, mas vamos em frente que tem muita prova ainda.

Um rápido neutro no posto de combustível e voltamos para prova. Desta vez passamos por um pequeno trecho navegado apenas para cortar o pedágio e voltamos para um breve deslocamento e ai sim para a prova a valer.

Seriam a partir daí mais pelo menos 3h30 de prova, em terrenos um pouco diferentes da primeira prova, fazendas de reflorestamento e muita areia. A segunda parte foi menos intensa que a primeira, sem muitos balaios mas as famosas “costelas de vaca” que pegamos na estrada não deixaram ninguém dormir. Parecia que o carro ia desmontar, mas com isso não me preocupo, sei que a Pajero aguenta o tranco. Velocidades de 39, 42km com mudança de média bem nestas partes fez com que eu não conseguisse andar no tempo da prova. Só nestas horas que eu acabei lembrando do Guto que estava de zequinha no banco de trás. Ele fez o papel do zequinha direitinho, não abriu a boca durante o rally para não atrapalhar a concentração do navegador e piloto, mas fiquei com pena do tanto que ele pulou lá atrás. Ainda bem que trocamos os amortecedores e molas da TR4, senão ele estaria sem andar a semana toda de dores nas costas…rsrsrs.

Bem, mais algumas horinhas de prova e chegamos de volta ao centro de eventos Taiwan onde aconteceria o almoço, premiação da etapa, do campeonato e o tãoooo esperado show de encerramento da temporada.

Almoço muito bom e antes da premiação começar foi a vez do show. Acabando o show, agora é a premiação…

Ai você vem e me fala: mas você não vai contar sobre o show??? E eu digo: Não, não vi… 🙁 COMO ASSIM???? Você espera o ano todo para a grande festa da final e não vê o show de encerramento? Pois é, nos anos anteriores sempre foi um show de rock, nacional ou até mesmo internacional, já vi Paralamas do Sucesso, Beatles Covers direto de Liverpool, estilos de show que acreditamos ser bem a cara do público de rallyzeiros, aventureiros da Mitsubishi, mas desta vez rolou uma dupla sertaneja. :/ É, tem quem goste, mas confesso que fiquei um pouco desapontado (muita gente inclusive, foi fácil perceber pelo silêncio que pairou no salão quando anunciaram o show…) e por isso nem vi o show. Mas isto é gosto pessoal, nada contra as duplas sertanejas, tem gente que gosta de Pepsi e outros preferem Coca-Cola, não é mesmo? Esta foi a parte triste do dia para mim. Bem, show acabando é hora de voltar para o salão para a premiação.

.

Quantas surpresas, muitos amigos no pódio. Nós nem passamos perto dele, não erramos, mas não andamos como deveríamos, então nos resta torcer para mais e mais amigos subirem lá em cima e se for com boné do Tulipa Rally então, melhor ainda.

A premiação da prova começou pela categoria graduados, como podemos conferir a experiência faz diferença, mas o entrosamento entre as duplas é fundamental, Paulo Goes e Jhonatan Ardigo ficaram em primeiro novamente (após também terem ganho o Mitsubishi Motorsports Nordeste). Também tivemos o prazer de aplaudir amigos no pódio das duplas mistas graduadas, com pontuações muito boas.

Na sequência aconteceu a premiação da turismo duplas mistas e o pódio foi formado por três casais dos mais especiais para nós: Ariel e Pamela em 3º, Daniel e Mirella em 2º (parabéns pelo primeiro troféu na turismo da Mit!!)  e Guilherme e Lisiane em 1º, foi muito bacana e o mais legal foi a selfie tirada pelos vencedores junto com os locutores Fernando Solano e Marcelo Caiano e até o diretor de prova, Lourival Roldan entrou na foto. Foi demais.

A Lisiane também concorda conosco: “Sensacional o evento final do Mitsubishi Motors Sports, me diverti bastante!!! Sobre a prova, terrenos pra todos os gostos, pra nós um deles ainda desconhecido, o areião… Atrasamos um pouco lá, umas costelinhas chatinhas também, mas valeu a experiência! Porém o mais bacana foi estar com a Equipe Tulipa Rally toda reunida… Conquistamos o pódio triplo da categoria Turismo dupla mista… Com direito a estourar a champanhe pra brindar o momento com os amigos esforçados e uma selfie com Lourival, Solano e Caiano, muito tri!!!  Que venha 2016, e que estes momentos maravilhosos se repitam muitas e muitas vezes!!! Vai Tuliiippaaaa!!!!”

Depois veio a premiação da turismo geral, onde as duas duplas femininas no pódio se destacaram, mostrando que mulher também sabe correr rally! Parabéns especial para Sandra e Minae do FD Rallye Team e Paula e Vilma do Araponga Rally.

Na turismo light tivemos outra equipe se destacando, a Lost Rally, que também levou alguns troféus para casa e fez bonito a temporada toda (confira aqui).

Resultados – 9ª etapa – Ribeirão Preto (SP)

Categoria Graduados
1) Paulo Roberto Goes / Jhonatan Ardigo – Joinville (SC) – 398 pontos perdidos
2) Fabio Carvalho / Edson Joao da Costa- Belo Horizonte (MG) – 401 pp
3) Olair Fagundes / Waldemberg Barros – Cuiabá (MT) – 401 pp
4) Jose Marques Souza Junior / Claudio Roberto Flores – Belo Horizonte (MG) – 407 pp
5) Ernesto Kabashima / Luiz Durval Brenelli Paiva- São Paulo (SP) – 418 pp

Categoria Graduados  – Duplas Mistas
1) Fernando Luis Possetti / Cristina Starling Possetti – Ribeirao Preto (SP) – 501 pp
2) Waldir Hudson Barbosa / Maria Eveli Giani Barbosa – Bragança Paulista (SP) – 542 pp
3) Jose Eduardo Guerra / Marcia Guerra – Uberlândia (MG) – 543 pp

Categoria Turismo
1) Mauricio Barkema / Gilberto Marcowicz Junior – Castro (PR) – 474 pp
2) Marcio Pereira / Patrese Bella – Rio Bonito (RJ) – 496 pp
3) Paula Breves / Vilma Rafael – Rio de Janeiro (RJ) – 565 pontos perdidos
4) Carlos Frederico Bauer Bauer / Alexandro Silva – São Bento do Sul (SC) – 567 pp
5) Sandra Dias / Minae Miyauti – Santana do Parnaíba (SP) – 579 pp

Categoria Turismo – Duplas Mistas
1) Guilherme Barbosa / Lisiane Homem – São José dos Campos – 612 pp
2) Daniel Manse / Mirella Kurata – São Paulo (SP) – 703 pp
3) Pamela Bueno da Fonseca / Ariel Bueno da Fonseca – Goiânia (GO) – 807 pp

Categoria Turismo Light
1) Leandro de Mendonca Thurler / Rodrigo Justen Vieira – Rio das Ostras (RJ) – 341 pontos perdidos
2) Paulo Renato Martins / Regiane Salgado Pagnard – São Paulo (SP) – 516 pp
3) Leonardo Menarim / Adriana Micheli – Castro (PR) – 570 pp
4) Wilson Rodrigues Pinto / Carina Tricarico Camargo – São Paulo (SP) – 620 pp
5) Fernanda Cabral Gomes Barbosa / Rodrigo Mendes Mendonça – Marica (RJ) – 626 pp

.

Chegada a hora da premiação mais esperada, do campeonato 2015, tivemos os pódios da graduados duplas mistas, graduados geral (com o bi-campeonato do Allan e Otávio Enz), turismo duplas mistas e geral, com muita festa!

E na turismo duplas mistas destaque para Camila e André Mazoni em 3º, representando o Tulipa Rally Team, Parabéns!!!

“Muito feliz com nosso 3º lugar no campeonato! Percebemos que evoluímos bastante neste ano! 😊 Nos esforçamos bastante, mas precisamos nos esforçar mais!” completa Camila Mazoni.

Já o  Gustavo Amorim e a Débora Bonatti adoraram a temporada, “nossa evolução na categoria foi muito boa, nos levando até o 4º lugar como dupla mista e o 10º na classificação geral. Chegamos mais longe do que esperávamos e mais perto de duplas que admiramos. Foi um ano de muita emoção juntos de amigos que termina com 5 pódios de recordação! ”

 

Resultado Campeonato 2015 Mitsubishi Motorsports Sudeste 

Categoria Graduados – Pilotos
1) Otavio Enz Marreco – Apucarana (PR) – 174 pontos
2) Paulo Roberto Goés – Joinville (SC) – 159 pontos
3) Olair Fagundes – Cuiabá (MT) – 158 pontos
4) José Marques de Souza – Belo Horizonte (MG) – 152 pontos
5) Ernesto Kabashima – São Paulo (SP) – 121 pontos

Categoria Graduados – Navegadores
1) Allan Enz – Apucarana (PR) – 174 pontos
2) Jhonatan Ardigo – Joinville (SC) – 159 pontos
3) Waldemberg Barros – Cuiabá (MT) – 158 pontos
4) Claudio Flores – Belo Horizonte (MG) – 152 pontos
5) Luiz Paiva – São Paulo (SP) – 121 pontos

Categoria Graduados – Duplas Mistas
1) Jose Eduardo Guerra e Marcia Guerra – Uberlândia (MG) – 182 pontos
2) Ernesto Moscoso da Costa e Christina Bordini Xavier – Campinas (SP) – 177 pontos
3) Fernando Luis Posseti e Cristina Starling Posseti – Ribeirão Preto (SP) – 175 pontos
4) Waldir Hudson Barbosa e Eveli Giani – Bragança Paulista (SP) – 174 pontos
5) Jurandir Amaral Junior e Andrea Amaral – Bragança Paulista (SP) – 174 pontos

Categoria Turismo – Pilotos
1) Carlos Frederico Bauer – São Bento do Sul (SC) – 182 pontos
2) José Carlos Eymael – Santana do Parnaíba (SP) – 152 pontos
3) Paula Breves – Rio de Janeiro (RJ) – 150 pontos
4) Marcio Pereira – Rio Bonito (RJ) – 146 pontos
5) Eduardo Alexandre Kruger – Jaraguá do Sul (SC) – 116 pontos

Categoria Turismo – Navegadores
1) Alexandro Silva – São Bento do Sul (SC) – 182 pontos
2) Vilma Rafael – Rio de Janeiro (RJ) – 150 pontos
3) Patrese Pereira da Bella – Rio Bonito (RJ) – 146 pontos
4) Claudia Eymael – Santana do Parnaíba (SP) – 135 pontos
5) Fabiane Tironi Kruger – Jaraguá do Sul (SC) – 116 pontos

Categoria Turismo – Duplas Mistas
1) Jose Carlos Selbach Eymael e Claudia Renate Bernt Eymael – Santana de Parnaíba (SP) – 179 pontos
2) Eduardo Alexandre Kruger e Fabiane Tironi Kruger – Jaragua do Sul (SC) – 174 pontos
3) Andre Minichelli Mazoni e Camila Leme Marques Mazoni – Guarulhos (SP) – 153 pontos
4) Gustavo Pereira de Amorim e Debora Rondello Bonatti – Santo Andre (SP) – 148 pontos
5) Valdir de Lacerda e Elisa Borges Lacerda – Pouso Alegre (MG) – 142 pontos

.

Para finalizar foi entregue uma premiação inédita, o troféu de Campeão Geral do Mitsubishi Motorsports. Esta categoria iria premiar a dupla da graduados e da turismo com mais pontos que tenha participado de todos os eventos do Mitsubishi Motorsports (Sudeste e Nordeste) no ano de 2015. Na turismo nenhuma dupla participou de todos os eventos, mas na graduados Paulo Goes e Jhonatan Ardigo levaram mais este belo troféu para casa!

E depois de toda essa festa ainda fomos curtir mais um pouquinho!

Fomos para a cervejaria Walfänger, que fica perto do local do evento indicação do pessoal de Ribeirão e não nos arrependemos. Demorou um pouquinho para conseguirmos mesa pois o local estava cheio e não tínhamos feito reserva, é difícil acomodar quase 20 pessoas mas o pessoal se esforçou e rapidamente estava apreciando a cerveja feita no local e os pratos alemães, aprovados por todos!

.

O resultado completo do rally e as performances estão disponíveis no site da Mitsubishi e da Totem.

Outras fotos estão na nossa página no Facebook.

.

Com o final da temporada de rallys da Mitsubishi gostaríamos de agradecer a toda equipe que participa da organização do Motorsports, Outdoor e da Cup (que esse ano acompanhamos mais de perto). É possível ver no rosto de cada um de vocês a alegria e a vontade de fazer acontecer esses grandes eventos. Parabéns, vocês conseguiram se superar!!!

Que venha a temporada 2016!

.

Apoiadores