Sempre é bom um feriado, concordam? E se a programação para o feriado for uma viagem entre amigos? Melhor ainda né! E tem como melhorar? Claro que tem… coloca um rally no meio. Pronto… viagem perfeita!

Com a terceira etapa do Paulista Off Road caindo no meio do feriado (para o estado de SP) aproveitamos para passar mais dias em Brotas com os amigos. Chegamos na quarta a noite e após uma passada na Pousada  do Lago (que recomendamos sem dúvidas!) fomos jantar no Brotas Bar, que também nos surpreendeu pelo excelente atendimento, um cardápio delicioso e uma decoração impecável, todo tematizado (tanto que voltamos na sexta com o pessoal do rally).

Quinta foi dia de, depois de dormir bastante,  verificar onde seria a largada, chegada, aferir os equipamentos, passear pelo centrinho de Brotas e almoçar com os amigos que estavam chegando. A noite o happy hour e a conversa entre os amigos foi na pousada mesmo e o assunto, como sempre, foi rally! E que conversa… troca de experiências entre participantes e organizadores, aprendemos mais um pouquinho com uma aula do Edson Gazella, da Totem, sobre equipamentos, Sensor Blue, GPS, navegação, apuração… bom aprender com quem sabe das coisas…

Sexta, como já conhecíamos Brotas, fomos dar uma voltinha em Jaú (aproveitar para comprar uns sapatos novos 😀 ), enquanto outra parte da turma aproveitou para conhecer as cachoeiras e fazer alguns esportes radicais, como tirolesa e arborismo (o rafting teve que ficar para uma outra oportunidade, quando estiver menos frio).

A noite é a hora que todos estão ansiosos para encontrar os amigos! Mesmo que há 1 semana já tivessem  se encontrado em outro rally é como se fizesse 1 ano que não nos víamos… rsrsrs, e olha que todos se falam todos os dias nos diversos grupos de WhatsApp da vida. Também foi hora de passar pela secretaria de prova, adesivar o carro e assistir ao briefing.

Terminado o briefing boa parte do pessoal foi para o Brotas Bar, que rapidamente providenciou mesa para toda a galera e nos atendeu muito bem! Entre conversas e chopps, começamos a passar nossa planilha, destacando alguns trechos importantes na mesa do Bar… era um tal de canetinha marca texto pra cá, gole de chopp pra lá, caipirinha aqui, batata frita ali… uma mistureba de comes, bebes e tulipas.

Pronto, agora é descansar que pra sábado falta muito pouco. E quem dorme direito? Nós com certeza não. Despertar cedo, tomar café e ir para a largada, que foi no mesmo lugar do briefing, no centro comunitário de Brotas, em frente ao Parque dos Saltos. O sol brilhava firme e forte e não estava tão frio, nem dava pra imagina a chuva que ia cair mais tarde… Hora de aproveitar e enquanto o piloto checa os últimos detalhes das câmeras para filmar, equipamentos de navegação, a navegadora se atenta aos últimos detalhes da planilha para ver se não passou nada.

Competidores: alinhar! Falta pouco!

Mapa2

Em roxo estão os deslocamentos inicial e final. A primeira prova está em vermelho e a segunda em azul.

Largamos e após curto deslocamento já começava a prova na terra e também começavam os  balaios. Logo no primeiro pegamos uma caminhonete e um baja fechando a rua e tivemos que desviar. O cara queria bater bapo, acredita? Meeeuuuu, to no rally, não falo nem com minha navegadora, vou conversar com você? Tudo para aumentar a adrenalina!

Arquivo da prova no Google Earth: Paulista Brotas – Mapa

Na sequência outro balaio curtinho, com uma volta na árvore, mas com a planilha entregue na sexta deu tempo de estudar, marcando e desenhando os balaios, a maior dificuldade era conseguir manter as velocidades, que estavam bem apertadas nesse começo de prova.

O final da primeira parte foi marcado por trechos com muita areia, onde se formaram profundos facões e era impossível manter a velocidade, por mais que se acelerasse a areia segurava o carro, nesses trechos chegamos a atrasar mais de 10 segundos.  Depois é acelerar pra recuperar o tempo, e confesso que esta hora é bem legal, mas tudo dentro do limite de cada um né?

Pausa para a água e o xixi que, mesmo no meio da mata, sem estrutura física, o pessoal da organização não deixou ninguém na mão… banheiro químico para as mulheres e uma centena de banheiros naturais para os homens, se é que me entende…

Depois de um breve descanso, bora para a prova. A segunda parte teve laços maiores e as velocidades estavam melhores, mas com muitas mudanças de médias, que aumentaram a dificuldade. Terminada a prova, em menos de 20 minutos chegamos ao Brotas Eco Resort, local do almoço e premiação.

Quando estavam chegando os últimos carros e estávamos almoçando, começou a maior chuva. Por esse motivo o hotel disponibilizou um ônibus para levar o pessoal do restaurante até o local da premiação (que era um pouco longe, o espaço do Resort é bem grande!), e foi a maior farra juntar esse pessoal para andar de ônibus.

Ao chegar no auditório recebemos os boletos com as performances  e logo depois começou a cerimônia de premiação. Levamos um quarto lugar na categoria turismo e ficamos muito felizes!!!

Confira os resultados da prova clicando aqui.

Para ver as performances dos competidores da turismo, graduados e super master clique aqui!
Para ver as performances dos competidores da turismo light clique aqui!

 

5Premiacao (65)

A noite foi hora de comemorar! Organizamos um churrasco com o pessoal que tinha ficado em Brotas e foram mais algumas horas de conversa boa.

Confira todas as fotos na nossa fanpage no facebook (clique aqui).

Veja como ficou o ranking após essa etapa (clique aqui) e já se prepare para a próxima prova do Paulista Off Road, dia 3 de Outubro em São José dos Campos/SP.

O Paulista Off Road conta com o patrocínio e apoio de:patrocinadores