Participantes das categorias 4×2 e 4×4 se aventurarão por roteiros levantados nos mínimos detalhes. Evento permitirá aos participantes passar o final de semana em um dos mais belos locais da serra catarinense

Está chegando a hora de ligar os motores! Nos dias 19 e 20 de outubro, a cidade de Curitibanos, SC, receberá pilotos e navegadores do rali de regularidade do Sul do País para a terceira etapa da Copa SC Racing. Ainda, o município oferecerá aos visitantes uma vasta opção de lazer para um final de semana incrível com a família (são percursos que levam a lindos pontos turísticos, bem como passeio pelo centro urbano, com monumentos e tradições). 

O campeonato é organizado pela SC Racing e, a cada prova, recebe novos adeptos do rali de regularidade, uma vez que tem categorias especialmente destinadas às pessoas com veículos 4×2 (os tradicionais carros de rua). O roteiro é exclusivo e não apresenta obstáculos naturais (logo, não existem riscos de quebras mecânicas). 

A disputa de Curitibanos terá 104 quilômetros, percorrendo estradas secundárias e, de acordo com o diretor geral da Copa SC Racing, Edson João da Costa, um dos destaques do trajeto será a passagem pela ponte sobre o Rio Correntes (ponte de madeira em curva).

“É uma excelente oportunidade para os moradores da região tirarem o carro da garagem e viverem um dia de muita aventura e emoção”, salientou Costa. As categorias disponíveis são Família, Novatos e Graduados. 

Já para os off-roaders de carteirinha, a terceira etapa da Copa SC Racing passará por lugares inéditos. Um deles será a Fazenda Buriti, que emprestará cerca de 50 quilômetros para competição – a propriedade é destinada ao cultivo de pinus. No total, pilotos e navegadores acelerarão por 100 quilômetros. Para quem tem um veículo 4×4, as categorias são Máster, Graduado, Turismo, Pais e Filhos e Novatos.  

A dupla Rodrigo Koegler e Daniel Rodrigo Muller (de Jaraguá do Sul, SC) confirmou presença do certame e, a bordo de um Suzuki Jimny disputará o pódio da Novatos 4×4. “Gostamos da Copa SC Racing porque as etapas são geograficamente próximas (ao Norte de Santa Catarina), e a organização é sempre impecável. Ressalvo a reconexão com a natureza e o espírito de companheirismo; todos entram na trilha e todos saem dela, ninguém fica para trás”, comentou Muller, destacando que eles também buscam por desafios, competitividade e, claro, bons resultados. 

Hora de passear

Para aproveitar a passagem por Curitibanos, que tal um passeio? Depois da competição, a dica é reunir aquela turma e a família para conhecer melhor a região, repletas de cascatas, fazendas históricas e campos verdes de pastagens (que no inverno ficam cobertos pela geada). O Parque Harry World é bastante visitado, pois possui espaço para pescarias, piscinas naturais e outras atrações para relaxar. 

Para quem gosta de história, um dos locais que devem ser visitados é o Marco Capão da Mortandade – palco de uma das mais sangrentas batalhas da Revolução Farroupilha, em 1840.

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.