Hoje o Dakar chega na metade… apenas a metade, e muita coisa já aconteceu… mas com certeza muito ainda está por vir. Hoje destaco a participação de 2 caras muito simpáticos, os irmãos Tim e Tom Coronel. Hoje eles mostraram porque amam e se divertem no Rally Dakar, mesmo quando estão passando por uma situação, digamos, meio difícil. Confira no vídeo:

 

Agora sobre o dia de hoje.

El Matador x O Estrategista

Carlos Sainz, codinome “El Matador” – bicampeão mundial de WRC, especialista em estradas de terra, famoso pela sua pilotagem agressiva, campeão do Rally Dakar em 2010 -, para ele, que com seus 56 anos pretende se aposentar do Dakar, qualquer resultado que não seja o título, não interessa! Com a disputa, nesta quinta-feira, da primeira Especial (desta edição) com estradas sinuosas de terra, estava fácil imaginar quem ganharia. Já, o que não era assim tão fácil: saber que o segundo lugar ficaria com Peterhansel e Jean Paul, com 4 minutos de desvantagem para os companheiros de equipe! Com isso, as duplas da Peugeot, que monopolizam a briga pelo título, chegam a La Paz, na Bolívia (para o dia de descanso), com 27 minutos de diferença entre eles! A sexta-feira, será dia da equipe revisar completamente os dois carros, e das duplas descansaram bastante – afinal, a segunda parte do rali vai ser de ataque do agressivo e inconsequente Sainz, contra o estrategista e cerebral Peterhansel

Nasser e Mathieu, dupla da Toyota, voltaram a fazer um bom dia de prova, com o terceiro lugar nesta quinta-feira. Eles se aproximaram dos companheiros, Ten Brinke e Pascal, e trouxeram a terceira dupla da equipe, De Villiers e De Von – quartos no dia -, também para a luta pelo terceiro lugar acumulado. Eu diria que grandes são as chances do segundo colocado no rali sair dessa disputa. 

Marcelo Medeiros, piloto brasileiro dos quadris, terminou o dia com o nono melhor tempo, distante apenas 7 minutos do vencedor. Marcelo está em décimo primeiro no acumulado, uma boa posição se levarmos em conta a penalização de 2 horas do primeiro dia. Varela e Gugelmin, que, na quarta-feira, tiveram um excelente dia que os levou à liderança no acumulado, nesta quinta-feira, com um segundo lugar, conseguiram aumentar a vantagem e vão descansar com a posição de honra na classificação! Sawaia e Marcelo seguem bravamente na prova, passando em sétimo lugar nas parciais. 

Todos que chegarem, nesta quinta-feira, a La Paz terão a chance de recarregar as baterias, orgulhosos por terem sobrevividos a uma semana intensa de prova, marcada pelo deserto do Peru, com areias fofas e que fizeram até os mais experientes cavarem. A segunda semana da prova reserva novas características, porém não menos difíceis: altitude, rios secos, o forno de Fiambalá e as dunas gigantes de San Juan – estes são alguns dos temperos que prometem tornar a quadragésima edição do Rally Dakar … histórica! 

Youssef Haddad
Petrobras Rally Team

.

.

Próxima etapa
12/1/2018 – Dia de folga
La Paz (Bolívia)

13/1/2018 – 7ª etapa
La Paz / Uyuni (Bolívia)
Deslocamento: 301 km
Especial (trecho cronometrado): 425 km
Total do dia: 726 km

Conheça mais sobre a Spinelli Racing Experience, empresa de desenvolvimento automobilismo e automotivo de Guiga Spinellie Youssef Haddad.
Acesse a página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/pg/spinelliracing