Hoje teve mais um bate-papo ao vivo com Guiga Spinelli e Youssef Haddad sobre o dia do Dakar. Se você perdeu o ao vivo, confira agora no vídeo abaixo:

 

Ou acesse: https://youtu.be/owcWaNvxtX0

Hoje também teve texto do Youssef… Uma bela análise desta reta final do Dakar. Confira:

Não ganhar dos imbatíveis, não chega a ser uma derrota.

Nasser e Mathieu, por três anos consecutivos, foram apontados como a única dupla capaz de vencer o “DreamTeam” da Peugeot. Em 2016, pela equipe Mini X-Raid, conseguiram por várias Especiais se “embolarem” com os buggys franceses, porém, na Especial de Fiambalá, acabaram capotando e perdendo muito tempo. Teminaram na segunda posição, há pouco mais de 30 minutos dos vencedores Peterhansel e Jean Paul. Em 2017, já pela Toyota, largaram de cara para o tudo ou nada… e deu nada!

Venceram a primeira Especial, porém, tiveram um princípio de incêndio no carro, após cruzarem a linha de chegada – parecia um presságio! Já na terceira Especial, mantendo o ritmo alucinante característico da dupla, bateram em uma pedra e perderam toda a suspensão traseira direita. Mesmo terminando a Especial, a dupla abandonou a prova devido aos danos no chassi.

Chegamos ao ano atual, 2018, e mais uma vez, a dupla carregou a responsabilidade de vencer os buggys da Peugeot! Mesmo vencendo 3 Especiais, das 12 disputadas até aqui, Nasser e Mathieu fracassaram na missão… demérito deles? Com certeza, não! Pelo contrário. Vencer a equipe Peugeot atualmente é, praticamente, uma missão impossível. E, ser os primeiros, após as duas principais duplas da equipe francesa, é quase como ter conquistado um titulo! Enfim Nasser e Mathieu venceram nesta quinta-feira. Peterhansel e JeanPaul ficaram com o segundo lugar. Na classificação acumulada, Sainz e Lucas seguem tranquilos na liderança, com mais de 44 minutos para Peterhansel e 1 hora e 5 minutos para Nasser.

Eu tenho certeza, que todos os apaixonados por rali, devem sonhar em ver um Dakar disputado por essas 3 duplas, em carros idênticos – eu também quero -, afinal, das ultimas 10 edições do Dakar, já incluindo 2018, as 3 duplas venceram 8 delas! Aliás, os boatos são que estarão juntos em 2019, em uma equipe Catar/Red Bull – eu, pessoalmente, já acho que Sainz se aposenta, após vencer essa edição.

Nesta quinta-feira, se confirmou a saída do rali de mais uma dupla brasileira, Sawaia e Marcelo. Eles lutaram, viraram noites dentro de Especiais, venceram cansaço e inexperiência em dunas, porém, problemas mecânicos no UTV os tiraram da prova – é o Dakar cobrando um preço muito caro dos brasileiros, mais uma vez.

Enquanto isso, Varela e Gustavo, seguem administrando a vantagem conquistada, e já deixam de contar os quilômetros percorridos, para contar os quilômetros que faltam para coroa-los Campeões do Rally Dakar! Será a segunda vitória consecutiva de duplas brasileiras nos UTVs, e a coroação de uma das duplas mais completas e vitoriosas do rali nacional. A essa altura, como bem disse Leandro Torres, apenas o rali pode tirar a vitória da dupla Varela e Gustavo.

Marcelo Medeiros, teve folga nesta quinta-feira, em razão do cancelamento da Especial das motos e dos quadris.

A Especial desta sexta-feira, é super conhecida dos roteiros de Dakar na América do Sul – inicia nas dunas negras de San Juan, dunas com areias não tão fofas, porém, íngremes e altíssimas. Na sequência, a Especial percorre um bom trecho de longas retas em regiões agrícolas, e termina nas sinuosas estradas do WRC, na região de Córdoba. Uma pena Loeb não estar mais na prova, mesmo assim, o grande publico presente poderá assistir Sainz e Hirvonen, outras lendas do WRC, acelerando. Posso apostar que vai ter navegador deixando a planilha de lado para pegar o livro de notas do velocidade: “Derecho 3 en izquierda … 4 a fondo, El Matador!”

Youssef Haddad
Spinelli Racing

.

.

Próxima etapa
19/1/2018 – 13ª etapa
San Juan / Córdoba (Argentina)
Deslocamento: 559 km
Especial (trecho cronometrado): 368 km
Total do dia: 927 km

Conheça mais sobre a Spinelli Racing Experience, empresa de desenvolvimento automobilismo e automotivo de Guiga Spinelli e Youssef Haddad.
Acesse a página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/pg/spinelliracing