A segunda etapa do Rally RN1500 mudou completamente a paisagem e a pista. Se no primeiro dia os competidores andaram praticamente em dunas, o segundo dia foi em terreno de chão duro, pedra, erosão, buracos.

Com 162 km de especial, a maior parte dos competidores completaram a prova, mas devido o piso muito difícil, alguns chegaram se arrastando, e tiveram uma madrugada longa para prepararem os carros para a etapa deste sábado, que promete ser o dia mais complicado do Rally. Com uma especial bem mais curta, 111km, mas com muito trecho de atenção durante a prova, com muitas curecas espalhadas pela planilha.

André Miranda novamente com problemas no carro, teve que abandonar a especial com 20 km de prova, e as 2:40 da madrugada estavam com o carro pronto para largarem hoje novamente.

Já Glauber e Minae largaram bem, mas com uma luz acesa da bateria, veio tirando um pouco sua concentração, e mesmo depois de uma forte batida em uma pedra e um pedaço da roda quebrada, conquistaram um ótimo resultado, chegando em terceiro na geral.

Sandra Dias e Joseane Koerich fizeram uma prova limpa e tranquila chegando em terceiro lugar na categoria Super Production.

Já Cristian Mai Domecg e Weidner Moreira também da categoria Super Production não tiveram problemas com a navegação no terreno que já estão acostumados e fizeram um 8° na geral é um 1º na categoria.

No acumulado dos dois dias quem continua na frente é Reinaldo Varella e Gustavo Gugelmin com apenas 6 minutos de diferença para o segundo colocado, Luiz Facco e Humberto Ribeiro.