O recorde mundial de salto longo de Bryce Menzie, piloto da equipe Team X-Raid, em agosto nos EUA resultou em uma lesão (confira o vídeo abaixo) e outro acidente durante o 49th Baja 1000 em novembro na Espanha. Depois, ele tentou arduamente se recuperar da lesão, mas então, o fato de que teve que passar por uma nova cirurgia recentemente representou um enorme revés. Consequentemente, ele teve que tomar uma decisão difícil com apenas alguns dias para ir para o início do Rally Dakar 2017. A equipe e Bryce optaram em conjunto por uma abordagem de ‘saúde em primeiro lugar’ e, portanto, Bryce não vai participar de outra corrida até que ele fique 100% recuperado.

Acidente durante o Baja 1000

Seu MINI John Cooper Works Rally será ocupado então pelo argentino Orlando Terranova e seu navegador alemão Andreas Schulz! Terranova já alcançou o quinto lugar para o Team X-Raid no Dakar 2013 e 2014 e dirige pela primeira vez ao lado de Andreas Schulz, que conquistou duas vezes o lendário Rally Dakar (2001, 2003).

“Isso é realmente uma má notícia. Bryce é um piloto muito talentoso e certamente teria garantido vários bons resultados em seu primeiro Dakar”, diz Sven Quandt, chefe de equipe do X-Raid. “Mas também é de grande importância que ele se concentre totalmente em sua recuperação para depois voltar ao automobilismo em grande forma. Então, nós e a MINI optamos por deixar Orly e Andi mudar para o MINI John Cooper Works Rally. Eles formam uma dupla muito competitiva. ”

“Estou mais do que decepcionado por ter que me retirar do Dakar deste ano. Tem sido uma meta da minha vida que vai ter que esperar mais um ano antes que eu possa tentar. Eu sabia que seria difícil voltar a 100% após os meus ferimentos do recorde mundial de salto New Frontier e, infelizmente, eu simplesmente não conseguia chegar a um ponto onde eu seria tanto confortável no carro por tanto tempo e tecnicamente capaz para competir ao nível garantido para vencer. Eu estou realmente ansioso para voltar atrás do volante do meu MINI no próximo ano, como colocamos como dever de casa necessário para se preparar para o Dakar 2018 . Eu também quero fazer um agradecimento especial a Sven Quandt no X Raid por ficar comigo para superar esta lesão e Helmut Wahl na Red Bull e Carrie Woodward da BFGoodrich para continuar a apoiar os meus esforços no rali.

E a novidade na equipe Team X-Raid são os brasileiros Sylvio de Barros e Rafael Capoani – sobem a bordo do MINI All4 Racing que era da dupla Terranova e Andreas. Sylvio já tem experiência no Dakar nas motos, Capoani coleciona títulos no Rally dos Sertões, e é a primeira participação da dupla no Dakar.

“Feliz da vida posso enfim dizer que vamos competir no Dakar 2017… sim a realização de um sonho que chegou no dia do aniversário da minha filhota Laura, assim mesmo em cima da hora, nos últimos minutos… vamos estar embarcando dia 28 para Asunción para vistorias administrativas e dia 02 a largada de um Sonho estar no Rally Dakar… agradeço a torcida e o apoio de todos amigos e familiares”, comenta Rafael Capoani nas redes sociais.

O MINI é equipado com 6cc biturbo diesel com 80kgf de torque com o apoio da equipe X-Raid, equipe que dominou o Dakar entre os anos 2012 e 2015 e é apontada como uma das equipes mais fortes para levar o título deste ano.

Confira algumas imagens, tiradas pela equipe da FOTOP, da participação da dupla no Rally dos Sertões.

 Salto a distância de Bryce Menzie

 

Agradecimento especial à Jessica Hajjar, chefe de logística da equipe dos brasileiros neste Dakar, pela matéria e informações da dupla.