A temporada 2018 dos campeonatos brasileiros de Rally Cross Country e Rally Baja foi aberta no último final de semana, durante os dias 9, 10 e 11 de março, com a realização do Rally Minas Brasil, que também é válido pelo Mineiro de Rally. A competição reuniu 93 veículos entre motos, quadriciclos, UTVs e carros na cidade turística de Conceição do Mato Dentro-MG. A SFI CHIPS iniciou o Campeonato Brasileiro de Cross Country com duas duplas no alto do pódio no Rally Minas Brasil, o piloto André Miranda e o navegador Cadu Sachs venceram na categoria Pró Brasil e o piloto Paulo Goes e o navegador Gustavo Schmidt na Super Production.

As duplas também alcançaram boas colocações entre todas as categorias de carros, André e Cadu ficaram em terceiro na classificação geral e Paulo e Gustavo em quinto. Além da Pró Brasil e da Super Production, também foram disputadas as categorias Protótipos T1 FIA Brasil, Protótipos T1 e Production T2. “Melhor impossível, ganhamos com sobra as etapas de sábado e domingo na nossa categoria e demos trabalho para o pessoal da Protótipos T1 FIA Brasil, categoria muito superior a nossa”, comentou o piloto André Miranda.

A SFI CHIPS também contou com a terceira colocação do piloto Glauber Fontoura e da navegadora Minae Miyauti entre os carros da Protótipo 1. “Estávamos liderando na categoria e em terceiro na classificação geral, mas além dos problemas que tivemos com o desembaçador de para-brisa no primeiro dia, no domingo tivemos um pneu furado, nosso macaco deu problema e acabamos perdendo 18 minutos para trocar”, conta Minae.

O Rally Minas Brasil é organizado pela Rallymakers e contou com um percurso de 231 quilômetros, passando pelas localidades de Itacolomi, Ouro Fino, Córregos, Santo Antônio do Cruzeiro, Tapera e Congonhas do Norte. Para Goes, a prova foi muito técnica, mesclando trechos rápidos e travados, com vários tipos de terrenos, subidas e descidas. “Também passamos por trechos muito molhados com poças e lama, principalmente nas curvas. Choveu muito antes e durante a prova, o que aumentou a dificuldade. Em vários trechos não enxergávamos nada. Batemos em uma árvore no início da primeira etapa, era uma descida muito lisa e o carro rodou e bateu, mas conseguimos sair e voltar para a prova, mas com a frente danificada”, diz.

O piloto da SFI CHIPS voltou a competir ao lado do navegador Gustavo Schmidt após cinco anos, quando os dois foram campeões da Mitsubishi em 2013. O retorno da dupla também marcou a estreia do novo carro, uma Triton ER. “O carro é muito superior à antiga TR4 ER. Tudo muda, suspensão, motor, caixa, enfim, passa realmente a ser uma máquina de competição. Após a nossa batida, os mecânicos da equipe Chico Racing foram fantásticos e conseguiram arrumar nos carro para a segunda etapa. Já meu navegador é um supercampeão do rally regularidade e, apesar de ser a primeira prova dele no velocidade, pegou rápido, agora falta afinarmos os detalhes”, afirma Goes.

A dupla campeã da Super Production conquistou a primeira colocação após o ótimo desempenho no último dia de prova. Mesmo com experiência de mais de 15 anos no rally regularidade, Gustavo não conseguiu deixar de lado a ansiedade de estrear no Cross Country e ainda espera mais velocidade nas próximas provas. “A adaptação foi bem tranquila. Para quem está acostumado a andar com referências próximas, no velocidade as referências são mais longas, mas ao mesmo tempo elas chegam muito mais rápido, então fica parecido com um rally de regularidade com bastante pegadinha. A estreia não deu para medir muito porque choveu demais e a gente não atingiu a velocidade muito alta. A experiência foi muito agradável e o resultado melhor ainda”, ressalta o navegador.

SFI CHIPS Rally Team

Além das participações dos competidores apoiados pela SFI CHIPS no Rally Minas Brasil, a marca também acompanhou no último final de semana a etapa de Serra Talhada-PE do Campeonato Brasileiro de Rally 4×4, que também aconteceu nos dias 9, 10 e 11 de março e contou com patrocínio da empresa. Em Apucarana, no Paraná, a SFI CHIPS esteve presente entre os patrocinadores do Campeonato Paranaense de Rally Regularidade 4×4. A competição marcou a abertura da temporada, com prova intitulada “Lama e Batom” em uma homenagem a passagem do Dia Internacional das Mulheres celebrado no último dia 8 de março.

.

Confira abaixo as primeiras colocações das categorias do Rally Minas Brasil com participação de competidores da SFI CHIPS:

CARROS GERAL (Piloto/Navegador)
1º | Marcos Baumgart e Kleber Cincea
2º | Marcos Moraes e Fábio Pedroso
3º | André Miranda e Cadu Sachs
4º | Luiz Carlos Nacif e Neurivan Calado
5º | Paulo Roberto de Goes e Gustavo Schmidt

PROTÓTIPO T1 (Piloto/Navegador)
1º | Marcos Moraes e Fábio Pedroso
2º | Luiz Carlos Nacif e Neurivan Calado
3º | Glauber Fontoura e Minae Miyauti

PRÓ BRASIL (Piloto/Navegador)
1º | André Miranda e Cadu Sachs
2º | Antônio Carlos Morais Teixeira e Rafael Leandro
3º | José Silmar Nogueira e Alyso Cléber Antunes

SUPER PRODUCTION (Piloto/Navegador)
1º | Paulos Roberto Goes e Gustavo Schmidt
2º | Daltro Maronezi e Luciani Tesseroli Maronezi
3º | Wellington Costa e Rafael Arena

.

Texto: Aline Ben da Costa/Comunicação 4×4
Fotos: Divulgação, Doni Castilho, Cadu Rolim e Sanderson Pereira

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.