A disputa pelo pódio da nona edição do Rally Transcatarina promete ser emocionante. Entre tantas regionalidades, um time do Centro Oeste garante que incomodará os concorrentes

Se depender dos participantes do Transcatarina 2017, o clima frio do inverno sulista vai ferver. Isso porque, de 11 a 15 de julho, pilotos e navegadores de mais de 80 cidades brasileiras estarão na disputa dos pódios das categorias Máster, Graduados e Turismo (além da Passeio e Adventure). Serão cerca de 800 quilômetros entre Fraiburgo e Itajaí, SC, nos quais os competidores estarão focados em cumprir os tempos exigidos pela organização, sem cometer erros.

No rali de regularidade não vence a dupla mais rápida, mas sim, a mais regular. Conquistará o primeiro lugar aquele que obedecer severamente as médias de velocidade estabelecidas em planilha diante dos mais variados obstáculos off-road. Uma missão que muita gente tem se aprimorado, fazendo desta modalidade uma das mais acirradas do esporte fora-de-estrada.

Representando o Centro Oeste brasileiro, a Cerrado Rally é uma equipe composta por dez duplas. “Reunimos pessoas do Distrito Federal, Mato Grosso e Goiás,”, explicou o piloto Nilson de Castro Lopes, de Brasília, DF, que competirá ao lado de Alex Reis Rosa de Luziânia, GO. Ele contou que as expectativas para o 9º Transcatarina são muito grandes. “A direção tem se especializado cada dia mais na produção dos eventos, o que nos anima a conhecer e prestigiá-lo. Além disso, na nossa região enfrentamos piso seco, e em Santa Catarina, teremos piso molhado e com lama; e este será nosso maior desafio”, completou.

Com pernoites em Canoinhas e Rio Negrinho, esse pessoal também terá a oportunidade de conhecer as curiosidades típicas do sul do País, uma vez que nos jantares de confraternização são realizadas apresentações regionais. “São danças e brincadeiras peculiares dos municípios pelos quais passamos. No Transcatarina, oferecemos mais do que off-road; nos esforçamos para levar a cultura e conhecimento ao grupo”, disse o diretor geral da SC Racing, Edson João da Costa.

Para o casal de Brasília, DF, Raul Damasio Perillo e Débora Luiz Gonçalves, participar do Transcatarina representa um desafio especial no processo de aprendizagem da dupla no esporte (busca de crescimento e novos patamares no esporte). “Estamos muito ansiosos e acreditamos que será uma experiência sensacional. Nossos amigos sempre elogiaram bastante o evento e nos incentivaram a tomar a decisão de nos inscrever para este ano. Acreditamos que a comunicação entre navegadora e piloto precisará ser bem rápida e concisa, portanto, a nossa convivência no dia a dia contribuirá muito para facilitar a fluidez neste processo”, avaliou Perillo.

Até o momento, 12 Estados estão inscritos no Transcatarina, sendo: Ceará, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, além de Santa Catarina. As inscrições seguem abertas pelo site www.transcatarina.com.br.

Gás no motor

Depois que a SFI Chips descobriu o Transcatarina, nunca mais se separou dele. E eles têm algo em comum: em julho, completam nove anos de vida. Apoiando os eventos da SC Racing desde 2016, a SFI Chips desenvolve softwares e soluções eletrônicas de alto desempenho para motorização de veículos (também conhecido como chip de potência, reprogramação de ECU ou chiptuning). Tem foco em aplicações severas, a exemplo do off-road, caminhões, máquinas agrícolas e, até mesmo, pátios de gerados.

“Há dois anos estamos consolidando essa parceria de sucesso. E a SFI Chips sempre escolhe eventos de alto nível técnico (organizacional e técnico), para fazer parte. O Transcatarina está entre os Top 5 do rali nacional, e destaca-se pela preocupação com os competidores, sem deixar de lado o atendimento e estrutura para os expositores”, declarou o sócio proprietário da SFI Chips, Marcio Medina.

.

O 9º Rally Transcatarina tem patrocínio de Hotel Renar, Hankook Pneus, Governo de Santa Catarina e Floriani Fibras. Apoio de Gatos & Atos, SFI Chips, WB 4×4, Lave Bem Lavanderia, Posto Maçã, Floripa Textil, Grupo Gratt, Trilha SC, Ekron Guinchos, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Canoinhas e Prefeitura Municipal de Itajaí 

Supervisão: FAUESC
Realização: SC Racing

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.