E o Transcatarina chegou ao fim, com sucesso absoluto. Foram 3 dias intensos de provas dos mais variados tipos, reunindo mais de 261 carros nas categorias do rally de regularidade, adventure, passeio e passeio radical. Foram percorridos 834 quilômetros entre Fraiburgo e Itajaí, SC, com pernoites em Canoinhas e Rio Negrinho.

Diferente dos outros anos, desta vez São Pedro tirou férias, a chuva não veio mas sobrou frio. A largada do primeiro dia aconteceu com 2ºC e terminou no sábado com o termômetro marcando calorosos 20ºC.

Foram 105 pessoas que ajudaram esta festa enorme acontecer, uma equipe dedicada e em sintonia que não deixou nada faltar, até na festa final, que reuniu mais de 1.000 pessoas em Itajaí para celebrar os grandes vencedores.

.

.

Vencedores que foram conhecidos realmente apenas no último dia de competição. Aqui vale aquela famosa frase: “O rally só termina quando acaba!”. A disputa acirrada mudou os participantes no pódio todos os dias e o terceiro dia foi tão desafiador, que mudou a colocação final, definida somente na última etapa do rally.

O Tulipa Rally Team teve um desempenho excelente com a dupla Guilherme Barbosa e Lisiane Homem, conquistando pódios todos os dias e um segundo lugar no campeonato na categoria Turismo.

“Uma prova espetacular, um rally inesquecível. Um Transcatarina diferente dos anos anteriores, desta vez todos os dias muito seco, mas não menos emocionante. Um evento muito bem organizado, muito bem preparado. Primeiro dia uma prova bem dinâmica, muito no estilo do Weidner, muita mudança de média, vira pra cá, vira pra lá, muito boa de andar. Pena que a terceira prova (do 1º dia) foi cortada para nossa categoria, que seria a “cereja do bolo”, mas com razão, senão chegaríamos muito tarde no final da prova. No segundo dia tivemos um deslocamento maior devido as fazendas que foram utilizadas, um trecho navegável bem seguro para se andar, mas um dia mais tranquilo. Já no terceiro dia a prova começou bem pegada, a primeira etapa do dia já foi bem dinâmica e muito técnica, com misto de trecho seco e algumas partes bem molhadas, mas a segunda e terceira etapa, dentro da Mineradora Veiga, foram maluquice total, bem difícil de andar, muitas tulipas, muita gente perdida, um show a parte. O aplicativo Rabbit nos ajudou muito, foi sensacional, muito fácil de usar, a gente se acostuma fácil com suas marcações e facilita muito a navegação. Foi muito bom, nos ajudou demais.” comenta a dupla, feliz com o segundo lugar.

Para dupla André e Camila Mazoni, também do Tulipa Rally Team e participando pela segunda vez do Transcatarina, a prova pode ser resumida na frase:

“Diversão, adrenalina e muito aprendizado. Esse foi o Trasncatarina 2016”

.

.

Leonardo Menarim e Adriana Micheli, terceiro colocados no campeonato na categoria Turismo e que participaram pela primeira vez do Transcatarina, se surpreenderam com o evento como um todo.

“Um evento muito bacana e muito legal. Chegamos ansiosos e preocupados com a chuva, pois os eventos do Edson são famosos pela quantidade de chuva, mas este foi bem o contrário, muito seco, trechos molhados só dentro das fazendas, nas áreas muito fechadas. A categoria cheia de competidores de alto nível e um ótimo grid, entramos no terceiro dia com 6 competidores praticamente empatados no campeonato com os descartes, ou seja, todos os 6 teriam chances de serem campeões no último dia de competição e ficamos muito felizes em conquistar o terceiro lugar em nosso primeiro Transcatarina. Em geral a prova foi muito bacana, um evento show. Uma coisa que gostei muito foi que as provas aconteceram em áreas fechadas, deslocamento em vias abertas mas as provas aconteceram dentro de fazendas, sem risco de pegarmos trânsito, de bater em ninguém, ficando uma prova mais concentrada, mais pegada.”

.

.

Confiram aqui o resultado completo do Transcatarina 2016!

.

E para finalizar, conversamos com o diretor geral do Transcatarina, Edson, da SC Racing e ele nos contou suas considerações gerais do evento:

“O Transcatarina 2016 foi um dos melhores que fizemos até hoje. Não apenas como rally de regularidade, mas hoje o Transcatarina já é reconhecido como um evento Off-Road mesmo, com adventure, passeio e passeio radical. Foi um grande sucesso, batemos o recorde de inscrições e foi algo espetacular. O tempo foi algo que realmente queria que tivesse acontecido, muito frio, que dá o charme da região central de Santa Catarina, uma geada de manhã onde os competidores acordavam com aquele branquinho de gelo na paisagem, mas sem chuva. Todas as categorias tiveram todas as necessidades que o evento exigia supridas pela nossa equipe de apoio que contou com 105 pessoas que mostrou que realmente estamos afinados com o evento. Uma pena que acabou, a gente comenta que terça-feira, quando começa o Transcatarina, voa até sábado. Fizemos o encerramento em Itajaí e fomos muito felizes nesta troca de cidade, o que proporcionou um dos melhores jantares e festa de encerramento que já tivemos. Quase 1000 pessoas participando da festa é motivo de muito orgulho para a gente. Foram mais de 860 troféus distribuídos em todas as categorias e um sucesso absoluto. Espero que nos próximos anos a gente consiga repetir o sucesso que foi este aqui. Temos coisas a melhorar como todos os eventos, mas com certeza chegamos bem perto do agrado de todos”.

.

É isto ai, fica aquele gostinho de quero mais e faltam apenas 363 dias até o 9º Transcatarina!

.

.

Apoiadores