Os motores foram ligados para a 25ª edição do Rally dos Sertões. A cidade de Goiânia (GO) é o ponto de partida, desta aventura de 3.300 quilômetros que tem como destino o município sul matogrossense, Bonito

Uma manhã de sábado, 19, marcante! Sob Sol forte, os 280 competidores inscritos na edição histórica dos 25 anos do Rally dos Sertões, deram os primeiros passos rumo ao pódio do evento. Aliás, deram as primeiras aceleradas em um certame que explorará trilhas e estradas de terra de alto nível de dificuldade, cruzando três Estados: Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O encerramento será no dia 26, na cidade de Bonito (MS).

O prólogo foi realizado na Cidade Alpha, em Senador Canedo (GO). A tomada de tempo que definiu a ordem de largada para a primeira etapa teve 6 quilômetros que, apesar de curta não poupou emoção aos off-roaders. A Bulldog Racing, do piloto Flávio Lunardi e do navegador Fred Budtikevits, contou que o percurso foi ideal para imprimir a alta velocidade. O terreno apresentou lombas, depressões e alguns locais sem área de escape. A poeira (tipo talco) tomou conta do lugar e somou-se aos desafios enfrentados.

A bordo de uma Mitsubishi Triton RS, a dupla da Bulldog Racing afirmou que está bem otimista na conquista de um bom resultado neste Rally dos Sertões, pela categoria Pró Brasil – carros. “Estou bem adaptado ao carro. Pilotei ele com muita segurança, acredito que ao longo do roteiro não teremos problemas traumáticos de ordem mecânica”, comentou Lunardi. “Para este prólogo, decidimos não assumir riscos, afinal, essa corrida não vale pontos e nem contabiliza tempo. Temos 3.300 quilômetros para cumprir e, segundo a organização será uma edição extremamente dura, por isso, nossa decisão é preservar o veículo do início ao fim desse rali. Acreditamos que dessa forma, concluiremos a prova bem e, quem sabe, venha um pódio”, argumentou Lunardi.

A Bulldog Racing já traçou a sua estratégia e tem ela bastante clara. “O negócio é poupar, afinal, a primeira especial é uma das mais difíceis deste ano, sem falar que no segundo dia já se iniciará com Etapa Maratona”, reforçou Budtikevits.

A primeira etapa do Rally dos Sertões despede-se de Goiânia bem cedo e segue rumo a Goianésia, em 680 quilômetros – com 306 quilômetros de navegação e pé fundo no acelerador. Ao longo do caminho, haverá muitas pedras, trial, travessias de oito rios e áreas agrícolas.

A equipe Bulldog Racing tem patrocínio de Luna Incorporadora e Henz Engenharia. Apoio de Kayo Veículos.

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.