Confira a entrevista que fizemos com o Itamar Bukvar, da equipe Rally Tupã, vencedor da categoria Super Production do Rally dos Amigos logo em sua primeira participação no Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country!

.

Itamar, quando você e a Célia (esposa e navegadora) começaram a correr rally?

Começamos a correr rally no final de 2004. Tínhamos uma ideia em fazer o Rally dos Sertões e a Mitsubishi CUP, mas quando compramos o carro, uma L200 R, logo em 2005 ele foi excluída do grid da CUP. Nos sentimos muito enganados pela situação, em não poder mais correr o cross country, então partimos neste ano para o regularidade.

Como a velocidade sempre foi minha vontade, em setembro agora compramos uma tritom ERS, pensando em participar de algumas provas de Cross Country e da Mitsubishi CUP. Este ano fizemos algumas etapas da CUP e fomos razoavelmente bem, não ficando em último mas também não no meio, foi entre eles… (risos), o que nos motivou para participar do Rally dos Amigos, uma prova muito importante e que sempre tivemos vontade de participar.

Sempre nos demos bem nas provas de regularidade onde houvesse muita dificuldade. Lama, problemas, buracos, era onde a gente se dava muito bem! Nesta etapa do rally dos amigos, concorrendo com os “bambambans”, não esperávamos um resultado tão bom e mesmo com muitos erros primários conquistamos uma ótima posição, se não fossem estes erros ficaríamos na frente de todo mundo, não era só 6º na geral não!

Paramos para puxar competidor atolado, coisa que não existe no rally de velocidade, mas a vida de trilheiro falou mais alto e fui ajudar os amigos, com isso perdemos 3 minutos. Além disso, andamos mais devagar do que devia na zona de radar e tiramos o pé com medo de estragar o carro depois de uma escapada e uma batida em uma árvore. Mas mesmo assim foi muito legal e valeu o empenho.

.

.

Por vários anos você andou no regularidade e agora, finalmente conseguiu chegar no Cross Country. Qual tipo de rally você prefere?

Sempre andamos adiantados nos rallys de regularidade! A gente se dava bem quando tinha que tirar tempo, quando estávamos atrasados, tanto eu quanto a Célia. É  daí que vem o nosso gosto em velocidade, do rally Cross Country, que é o rally que a gente mais gosta.

.

.

Qual o maior desafio de correr um rally Cross Country?

Pra gente o maior desafio é você chegar num lugar desconhecido, não saber nem como faz a inscrição, como é a prova em si e  ver todos os “feras” que estão correndo junto com você: Guilherme Spinelli, o pessoal da Vedacitti – todo o pessoal que já corre há 10, 20 anos no rally – Lourival Roldan navegando, Glauber, Minae, todo este povo.

Nunca tivemos a meta de ganhar um rally, deste pessoal então, de jeito nenhum! O máximo era ganhar uma posição ou outra, isso sempre foi nossa meta, agora você correr com um pessoal deste e ainda chegar bem, este sim é o maior desafio do rally.

.

.

Qual a melhor parte em andar na frente de tantas feras do rally Cross Country do país?

Como eu te falei, corremos com todo este pessoal, fomos vendo alguns deles ficando pra trás, uns batidos, outros quebrados, outros até mesmo capotados e fomos indo, almejando chegar em 6º ou 7º lugar na nossa categoria. Na hora da premiação, é um pouco diferente, eles chamam todos os competidores, do 5º ao 1º lugar, todos de uma vez na frente do pódio e chamaram a gente também.

Nesta hora já ficamos felizes, pensando que tínhamos conseguido um 5º, que já era um “baita” resultado. Mas eles mandaram a gente subir no lugar mais alto, já estávamos acreditando que era brincadeira, éramos marinheiros de primeira viagem, estreantes, pensamos que eles estavam querendo fazer a gente passar uma vergonha ali no pódio… e não é que era verdade que tínhamos ganhado em primeiro lugar? Nós ficamos sem palavra. Eu olhava para a cara da Célia e ela olhava pra mim e falando: Como isso? Não pode!! Está errado… Mas não estava, eramos campeões da nossa categoria mesmo!!!

Nesta prova conversamos com muita gente e aprendemos muitas coisas importantes, inclusive que não sabemos nada de Cross Country! Um pouquinho de sorte, um carro bom e a experiência da lama e das canas – a gente anda muito melhor na lama do que no seco – foram fundamentais para nossa conquista.  Estou emocionado até hoje, eu até dormi com o troféu!

Ah e tem mais, não esqueci das buzinadas! Agradeci a todos os fotógrafos e aos carros que foram ficando pra trás com a buzinadinha típica do brejo (risos).

.

5

.

E o que vocês esperam para 2016?

Este ano, se tudo der certo, vamos fazer a Mitsubishi CUP para pegar mais a mão do rally e participar também do brasileiro de Cross Country.

O sonho… sonho, sonho, sonho mesmo é fazer o rally dos Sertões! Temos expectativas, mas falta muita coisa ainda então não sabemos se este ano vai dar.

Temos que contar que o boné do Tulipa Rally deu sorte também, porque estava lá com a gente, usamos bastante lá, e trouxe muita sorte pra gente. 😀

.

E para finalizar, gostaria de agradecer alguém?

Não podemos esquecer de mencionar e agradecer a equipe do Pateta (FD Rally Team, do Glauber Fontoura), do churrasco na sexta de cordeiro e picanha, que foi espetacular, coisa do outro mundo e de todos os amigos que a gente tem e que a cada vez vamos fazendo mais!

.

Obrigado Itamar e parabéns pelo primeiro lugar!

.

.

Classificação – 18º Rally dos Amigos

Categoria Carros

1º Marcos Baumgart / Kleber Cincea, 01h54min00s
2º Marcos Moraes / Fábio Pedroso, 01h56min02s
3º Michel Terpins / Kaique Bentivoglio, 02h00min47s
4º Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, 02h01min17s
5º José Jorley Júnior / Maykel Justo, 02h06min09s
6º Itamar David Bukvar / Celia Bukvar, 02h07min19
7º André Miranda / Alison Pedroso, 02h11min20s
8º Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin, 02h13min50s
9º Glauber Fontoura / Minae Miyauti, 02h15min02s
10º Marcelo Mendes / Luiz Felipe Eckel, 02h15min33s

.

O resultado completo e outras informações sobre o 18º Rally dos Amigos podem ser encontrados no site do evento: www.rallydosamigos.com.br

.

.

.

.

Gostaram da entrevista?

Contem pra gente aqui nos comentários, inclusive com sugestões de quem pode ser o próximo entrevistado, logo traremos novidades!