Dupla da Bull Sertões Rally Team disputa a 25ª edição pela categoria Protótipos T1. A maior prova off-road do país será de 19 a 26/8 e terá mais de 3.300 km de roteiro

Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são os três estados que fazem parte do roteiro da edição de 25 anos do Rally dos Sertões. A partir de domingo, 20, o piloto Michel Terpins e o navegador Maykel Justo (#322), da equipe Bull Sertões Rally Team, vão levantar poeira por mais de 3.300 quilômetros. O Parque de Apoio está montado até este domingo, no Autódromo Internacional de Goiânia. A chegada será em 26/8 em Bonito (MS)

Com trajetórias distintas no off-road, Terpins e Justo formam pelo segundo ano consecutivo a dupla na categoria Protótipos T1, a bordo do T-Rex, desenvolvido pela MEM Motorsport. O carro passou por algumas modificações que o deixaram mais potente e competitivo para essa edição.

“O Sertões é a prova mais aguardada do ano, a mais prazerosa de se fazer, ao mesmo tempo uma incógnita porque nos deparamos com etapas desafiantes a cada dia, onde tudo pode acontecer. O que me deixa seguro é que temos um carro muito robusto, preparado minuciosamente e, agora, com motor V8 a etanol e estamos confiantes”, explica o piloto paulistano.

Neste ano, Michel Terpins completa sua 10ª participação na competição. Estreou na categoria motos em 2002, depois navegou para seu irmão Rodrigo Terpins nos carros e, nos últimos quatro anos, fez uma evolução em sua pilotagem com o T-Rex. Ao seu lado está o navegador de Taubaté (SP) que tem uma década de Rally dos Sertões no currículo e já conquistou quatro títulos. “Maykel tem uma experiência vasta no rali e me passa muita segurança e nossa sintonia está perfeita”, diz o piloto, atual líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country na Protótipos T1. Vale ressaltar que as duas primeira etapas do rali somam pontos para o ranking nacional do campeonato.

“É muito gratificante poder participar da edição de 25 anos ao lado do Michel Terpins. Neste ano fizemos o RN 1500 (rali de quatro dias pelo Rio Grande do Norte) juntos e pudemos comprovar que o carro ganhou uma performance excelente. Vamos focar nas sete etapas e lutar por um bom resultado neste meu 11º Sertões”, ressalta Justo, que já navegou por sete edições na categoria caminhões e segue para a quinta participação nos carros.

A edição de 25 anos terá 3.300,06 quilômetros, dos quais 1.999,52 de trechos cronometrados (Especiais). Passará por quatro cidades-sede em Goiás (Goiânia, Goianésia, Santa Therezinha de Goiás e Aruanã), uma no Mato Grosso (Barra do Garças) e mais três no Mato Grosso do Sul (Coxim, Aquidauana e Bonito). Neste sábado, 19, os competidores de motos, quadriciclos, UTVs e carros disputam o Prólogo (tomada de tempo que define a ordem de largada para o rali), na Cidade Alpha Goiás, em um circuito de 6 quilômetros.

Equipe

Há alguns anos, a paixão por velocidade e off-road levou os irmãos paulistanos Rodrigo Terpins (44 anos e com cinco Rally dos Sertões no currículo) e Michel Terpins (40 anos e nove participações no Rally dos Sertões) a formarem a equipe Bull Sertões Rally Team. Ambos pilotos, disputam há quatro temporadas, a bordo do T-Rex, desenvolvido pela MEM Motorsport, o Rally dos Sertões. Paralelamente, participam do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e já aceleram também na Mitsubishi Cup.

.

Mais informações sobre a dupla no Facebook: @bullsertoesrallyteam e também no site www.terpins.com.brwww.michelterpins.com.br e www.rodrigoterpins.com.br

A equipe Bull Sertões Rally Team conta com patrocínio da 100% Eventos, Xarla, Bull Sertões e apoio da equipe MEM, Terpins & Cintra Advogados, Motul e Ohlins.

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.