No limite do cansaço, essa é a definição do dia de hoje no Rally Dakar. O percurso que iniciou na cidade de La Rioja rumo a San Juan, na Argentina, foram percorridos 712 km, sendo 431 km de trechos contra o relógio. Menos mal que a especial em si além da quilometragem não tem muitas dificuldades, pista estreita, piso bom e muitas curvas chegando em Carlos Paz.

Na frente

Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel terminaram o dia em primeiro lugar e diminuíram em mais de oito minutos a diferença para os líderes na geral do Rally, os franceses Stéphane Peterhansel /Jean-Paul Cottret (Peugeot DKR 2008), mas ainda continuam muito longe de sua segunda vitória consecutiva, já que os franceses parecem intocáveis, quase 52 minutos na frente, faltando apenas duas etapas.

Os franceses Sébastien Loeb / Daniel Elena (no Peugeot DKR 2008) recordistas de vitórias no WRC voltaram a andar na ponta no Dakar, ficando na segunda posição na etapa 11. Após alguns dois dias de grandes dificuldades,  conseguiram se recuperar na etapa anterior e nesta quinta-feira tiveram uma disputa segundo a segundo com seus companheiros de equipe, Peterhansel e Cottret.

A dupla do finlandês Mikko Hirvonen e o francês Michael Perin (Mini All4 Racing) passaram o dia no ataque e foram recompensados com o terceiro melhor tempo no dia. Na classificação acumulada após três etapas eles se aproximaram da dupla do sul-africano Giniel de Villiers e o alemão Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux), que terão de defender a terceira colocação na acumulada nas duas etapas que faltam para o final da prova.

 

Classificação da 11ª etapa (extraoficial):

1 – Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing): 04:49:16
2 – Sébastien Loeb / Daniel Elena (Peugeot DKR 2008): + 00:05:52
3 – Mikko Hirvonen / Michael Perin (Mini All4 Racing): + 00:07:01
4 – Stéphane Peterhansel /Jean-Paul Cottret (Peugeot DKR 2008): + 00:08:05
5 – Nani Roma / Alex Haro Bravo (Mini All4 Racing): + 00:12:14

Classificação geral após a 11ª etapa (extraoficial):

1 – Stéphane Peterhansel /Jean-Paul Cottret (Peugeot DKR 2008): 37:42:20
2 – Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing): + 00:51:55
3 – Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux): + 01:17:24
4 – Mikko Hirvonen / Michael Perin (Mini All4 Racing): + 01:22:47
5 – Leeroy Poulter / Robert Howie (Toyota Hilux V8): + 01:46:36

 

Os brasileiros

Os brasileiros vem somando muito o cansaço acumulado, mais chegando perto da rampa tudo melhora. Franciosi e Gustavo Gugelmin perderam muito tempo substituindo um braço da suspensão do seu ASX mas conseguiram terminar a especial, mesmo com muitas horas de atraso. Cada dia está sendo uma batalha. Cada dia é uma novidade e um problema diferente que estão superando com muita raça e determinação. Agora vão ter outro teste de paciência, pois largar em último para uma especial estreita e de piso bom, será complicado.

Foto de Equipe Mitsubishi Petrobras

Foto de Equipe Mitsubishi Petrobras

Leandro Torres e Lourival Roldan não devem fugir da perfeita estratégia armada para esse rali. Hoje (sexta-feira) será só cumprir tabela e lutarem para chegarem inteiros.

Foto de Xtreme+

Foto de Xtreme+

 

Motos

O piloto português da Honda, Paulo Gonçalves,  foi encontrado inconsciente pouco depois do segundo ponto de passagem e acabou por ser evacuado para o hospital mais próximo para ser submetido a observação médica. fim de prova para o piloto que esteve quatro dias na liderança na classificação de motos neste Dakar.

Etapa11_moto

 

Penúltima etapa

Nesta sexta-feira (15/01) será disputada a 12ª e penúltima etapa do Rally Dakar 2016. O percurso parte de San Juan rumo a Villa Carlos Paz, na Argentina. Para carros serão 931 km, sendo 481 km de trechos contra o relógio. Os caminhões percorrem 866 km com uma especial de 267 km.