Hoje o dia foi bem complicado para algumas duplas e para outras, principalmente alguns estreantes, melhor impossível. Mesmo com a previsão de chuva, a etapa foi iniciada com uma diminuição do trecho original, mas ainda sim com muitos KMs para serem percorridos. Confira…

Motos

Nas motos, o brasileiro Jean de Azevedo sofreu uma queda com sua moto e acabou perdendo mais de 2 horas em sua especial, acabando na posição 132 entre as motos na classificação geral até o momento.

Imagem do momento da sua queda. Jean sofreu algumas lesões mas está bem, terminou a especial e deve largar amanhã novamente. 

Quadris

Nos quadris, o brasileiro Marcelo Medeiros terminou a prova na 4ª posição e promete continuar na briga.

Carros

Hoje, nos carros a vitória ficou com Sébastien Loeb e Daniel Elena, que estrearam em grande estilo no Dakar. A dupla 9 vezes campeã do WRC não deu chances a concorrência e venceu a especial de hoje entre Villa Carlos Paz e Termas do Rio Hondo.

Nem a pista com piso enlameado conseguiu segurar o 2008 DKR com tração 4×2 de Loeb / Elena. A lama que muitos achavam que poderia ser o grande adversário do piloto francês, campeão de tudo que corre, não incomodou e a dupla do carro 314 reinou absoluta desde as primeiras passagens em todos os CPs da prova.
Alguns pilotos se queixaram de um ponto em particular onde estava muito fácil de se atolar. Talvez isso justifique algumas diferenças, mas a verdade é que Sébastien Loeb está começando a mostrar as razões que lhe permitem ter a fama que tem. Depois de tantos anos vencer no WRC, foi para as difíceis pistas do WTCC, andou na frente e venceu corridas, e agora na sua primeira verdadeira etapa do Dakar, nova vitória .
A dupla do Peugeot 2008 DKR conseguiu a proeza de superar seus experientes colegas de equipe Stéphane Peterhansel / Jean Paul Cottert, noutro Peugeot, em mais de dois minutos.  E para que se perceba que os Peugeot estão andando bem, Cyril Despres, que ainda não é conhecido por ser muito rápido nos carros, foi sétimo colocado.
Destaque também para os russos VASILYEV / ZHILTSOV que levaram sua Toyota Hilux ao terceiro lugar do dia.

Já Carlos Sainz / Lucas Cruz tiveram problemas, ficando quase 15 minutos parados dentro da especial e perderam mais de 11 minutos ao final do dia. Orlando Terranova (27º hoje) se viu atrapalhado com o barro, assim como Nani Roma (28º). O piloto espanhol e o argentino conseguiram sair do atoleiro sem maiores problemas, mas perderam tempo precioso como problema. Xevi Pons, que foi o terceiro a largar hoje perdeu um pouco mais de tempo.

As quatro duplas brasileiras (3 carros + 1 UTV) viveram realidades distintas hoje na prova.
Guiga Spinelli e Youssef Haddad com o ASX 318, fizeram uma especial sem problemas, mesmo dando uma pequena parada para uma rápida ajuda aos companheiros de equipe Carlos Souza e Paulo Fiúza, que estavam com um problema mecânico bem sério no carro, então Guiga e Youssef continuaram a prova seguindo bem até o km 150 da especial, quando encontraram um Mini pela frente que os atrapalhou e muito o restante do trajeto. Com isso chegaram a um excelente resultado no dia, ficando com o 18º tempo na geral.
João Francos e Gustavo Gugelmin, com o carro 384, vinham numa especial realivamente tranquila, mas pararam também para ajudar aos companheiros de equipe Carlos Souza e Paulo Fiúza. Mas desta vez acabaram rebocando o carro dos portugueses até a linha de chegada e perderam mais de uma hora para os lideres, terminaram o dia na P66 depois de andar sempre entre os 30 melhores até o CP 07.
Jorge Wagenfuhr e Joel Kravtchenko, carro 410 , tiveram algum problema durante a especial (ainda não sabemos o que aconteceu) e tiveram seu tempo computado até o CP03. Se conseguir concluir o trajeto, a dupla deve chegar muito tarde ao acampamento.
LeandroTorres e Lourival Roldan, no UTV de numeral 367, finalizaram o dia com a P82 e terceiro melhor UTV.
A grande atração, pelo visto, foi a lama no percurso, por volta do KM 182. Muitos carros ficaram, outros passaram com muita dificuldade. Fique com algumas imagens de hoje.