Ontem o dia foi marcado pela etapa de Prólogo. Foram apenas 11km para definir a ordem de largada da primeira especial, mas que foram marcados por muita disputa e um acidente gravíssimo.

 

As motos e os quadris completaram o percurso e os melhores resultados você acompanha abaixo:

Dakar 2016 – Prólogo – Motos

1 – Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally): 00:06:27
2 – Ruben Faria (Husqvarna 450): 00:06:27
3 – Helder Rodrigues (Yamaha WR450F): + 00:00:03
4 – Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F): + 00:00:04
5 – Michaël Metge (Honda CRF 450 Rally): + 00:00:08

17 – Jean Azevedo (Honda CRF 450 Rally): + 00:00:18

Dakar 2016 – Prólogo – Quadriciclos

1 – Ignacio Casale (Yamaha YMF 700 Raptor): 00:07:14
2 – Marcos Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:05
3 – Pablo Copetti (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:07
4 – Alejandro Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:08
5 – Lucas Bonetto (Honda TRX 700): + 00:00:10

8 – Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:12

 

A categoria Carros foi marcada pelo um acidente após a largada de 64 veículos. A chinesa Guo Meiling perdeu o controle do seu Mini John Cooper Works ao passar por um salto após cruzar uma reta e acabou por atropelar dez pessoas que acompanhavam a prova perto da pista. Segundo informa o diário argentino ‘Clarín’, ao menos três espectadores estão em estado grave. O acidente ocorreu na chamada rota 8, a poucos quilômetros de Arrecifes, perto de onde se encerraria a jornada deste sábado, por volta das 18h locais, 19h pelo horário brasileiro de verão. Em razão do grave acidente, a Amaury Sport Organisation (ASO), empresa responsável por organizar e promover o Dakar, optou por cancelar o prólogo, que ocorreu logo após a tradicional cerimônia da rampa de largada, realizada em Tecnópolis, Buenos Aires, e divulgou um breve comunicado no site oficial da prova.

Confira algumas fotos do acidente (Imagens retiradas do Blog do Deco).

 

Dos carros que chegaram a completar o percurso, confira a classificação dos melhores colocados:

Dakar 2016 – Prólogo – Carros

1 – Bernhard ten Brinke / Tom Colsoul (Toyota Hilux V8): 00:06:08
2 – Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot DKR 2008): + 00:00:03
3 – Xavier Pons / Ricardo Tolaschi (Ford Ranger V8): + 00:00:04
4 – Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing): + 00:00:05
5 – Marek Dabrowski/ Jacek Czachor (Toyota Hilux V8): + 00:00:05

42- Guilherme Spinelli e Youssef Haddad (Mitsubishi ASX Racing Diesel): + 00:01:14

Para os carros que não conseguiram largar no prólogo por conta do acidente, a largada de hoje será (seria) pela ordem numérica de porta. Ruim para as duplas brasileiras Leandro Torres / Lourival Roldan,  João Franciosi / Gustavo Gugelmin, Jorge WAGENFUHR / Joel KRAVTCHENKO, pois vão pegar muita poeira e ter sérios problemas para ultrapassar muitos veículos lentos que vão largar a sua frente.

Os brasileiros Guiga Spinelli e Youssef Haddad entraram forte na travessia de um rio e acabaram tendo um pequeno problema, o que fez com que perdessem um tempo em sua cronometragem final.

 

E hoje, a especial programada com um percurso cronometrado com 258km de extensão que iria de Rosario até Villa Carlos Paz, ainda na Argentina, foi cancelada. Devido ao mau tempo no trajeto da especial e no trecho final da etapa era impossível para os helicópteros decolarem para garantir a segurança dos pilotos ao longo do percurso. De fato, se tomou a decisão de levar todos os veículos em deslocamento para Villa Carlos Paz. Ainda de acordo com a organização, os competidores irão se dirigir à Villa Carlos Paz por uma pista asfaltada e em comboio. Motocicletas e quads irão de comboio, carros por conta própria e os caminhões, pelo percurso especial de veículos de assistência.

Etapa1-Cancelada