Prova teve a última especial da 26ª edição realizada entre Juazeiro do Norte e a capital cearense neste sábado, e conheceu novos campeões nas motos, UTVs e quadriciclos

O Rally dos Sertões conheceu neste sábado (25) os vencedores de sua 26ª edição, após a chegada da caravana a Fortaleza (CE), após uma especial de 200 quilômetros que saiu de Juazeiro do Norte (CE), completando um percurso de 3.607 quilômetros percorridos ao longo de sete dias. Tunico Maciel, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, Enrico Amarante e Breno Rezende, e Wescley Dutra garantiram os títulos das categorias motos, carros, UTVs e quadriciclos, respectivamente.

A última especial desta edição do Rally dos Sertões contou com 200 quilômetros entre Juazeiro do Norte e a capital cearense, e foi das mais duras. Alexandre Campos, piloto das motos, sofreu uma queda, enquanto Leonardo Beleza e Breno Ferreira tiveram a quebra do cubo de roda do UTV que conduziam. Nos carros, Thiago Rizzo e Léo Magalhães, Luiz Facco e Humberto Ribeiro, Jorge Wagenfuhr e Alison Pedroso e Lucas Teixeira e Rafael Dias também enfrentaram problemas.

Nas motos, Tunico Maciel conquistou o título depois de vencer três dos sete estágios do rali para somar 27h24min40s, garantindo a vitória com 31min37s de frente para Ricardo Martins, o segundo colocado. Gregório Caselani finalizou a prova na terceira posição, e foi seguido por Mário Marchiori. O grupo dos cinco melhores do Rally dos Sertões ainda contou com Túlio Malta.

A especial contou com vitória de Jean Azevedo, que fechou o percurso do dia em 3h12min43s, 29 segundos à frente de Tunico Maciel, segundo colocado no estágio. Ricardo Maciel foi o terceiro, chegando logo à frente de Gregório Caselani. O grupo dos cinco melhores na especial que chegou a capital cearense ainda contou com Mário Marchiori.

Cristian Baumgart e Beco Andreotti entraram para a história do Rally dos Sertões ao conquistarem o terceiro título seguido nos carros, algo inédito na categoria e que acontece apenas pela segunda vez na história da prova. A dupla completou o rali em 21h51min31s, superando os vice-campeões Sylvio de Barros e Rafael Capoani em 7min58s. Rafael Cassol e Lélio Júnior ficaram com a terceira posição, logo à frente de Marcos Baumgart e Kleber Cincea, e Fernando Álvares e Juan Monasterolo.

Na especial deste sábado, a vitória ficou com Sylvio de Barros e Rafael Capoani, que completaram os 200 quilômetros de trecho cronometrado em 2h46min55s, tempo 41 segundos melhor em relação ao dos segundos colocados, Gareth Woolridge e Marcelo Haseyama. Marcos Baumgart e Kleber Cincea ficaram com a terceira posição, seguidos por Fernando Álvares e Juan Monasterolo. O grupo dos cinco melhores ainda teve os campeões Cristian Baumgart e Beco Andreotti.

Enrico Amarante e Breno Rezende conquistaram o título nos UTVs. A dupla só tomou a liderança da prova na sexta especial, e venceu o Sertões com um tempo de 28h03min21s, tempo apenas 4min10s melhor que o obtido pelos vice-campeões Denísio Nascimento e Idali Bosse. Gabriel Cestari e Jhonatan Ardigo fecharam a prova em terceiro, logo à frente de Edu Piano e Solon Mendes. Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser fecharam o top-5.

A especial do dia foi vencida por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que completaram o percurso em 3h08min44s, marca 3min17s mais rápida que a da dupla segunda colocada, Gabriel Varela e Eduardo Shiga. Enrico Amarante e Breno Rezende ficaram com a terceira colocação, e foram seguidos por Henrique Gutiérrez e André Munhoz foram os quartos. Denísio Nascimento e Idali Bosse foram os quintos.

Nos quadriciclos, o título ficou com Wescley Dutra, que assumiu a liderança na quinta especial, após quebra de George Ximenes, e venceu o Sertões com um tempo total de 35h07min04s, chegando com uma vantagem de 18min14s para o vice-campeão Giovanni Filho. George Ximenes ainda conquistou o terceiro lugar, sendo seguido por Hélio Pessoa, Cival Alves e Geison Belmont.

Dutra venceu também a última especial da prova, ao completar a especial deste sábado em 3h46min35s, marca 2min21s melhor que a do segundo colocado George Ximenes. Giovanni Filho foi o terceiro, enquanto Hélio Pessoa acabou na quarta posição. O grupo dos seis melhores ainda contou com Geison Belmont e Cival Alves.

Ainda neste sábado acontece a chegada do Rally dos Sertões, em evento que será realizado em Fortaleza (CE). Os competidores chegarão na rampa montada no aterro da Praia de Iracema, e serão recepcionados pelo público.

O Rally dos Sertões é organizado pela Dunas Race e tem patrocínio da Mitsubishi Motors, Honda, Divino Fogão e Caixa. Apoio institucional: Detran Goiás, Estado de Goiás, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Prefeitura de Fortaleza e Conselho Nacional do SESI. Apoio: Cartões ELO, Fox Sports, Truckvan, S.A.S. Brasil, Infraero, Vigor, Fotop, Arco Media, 99 e Jovem Pan Goiânia e Fortaleza.

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.