Evento será nesta quarta-feira em São Paulo

O Rally dos Sertões, uma das maiores provas off-road do mundo e que completou 25 anos em 2017, é um dos destaques do Prêmio Capacete de Ouro, considerado o “Oscar do Automobilismo Brasileiro”. O evento, realizado pela revista especializada Racing, será nesta quarta-feira (8/11), a partir das 19h, no Auditório Elis Regina, no Anhembi, em São Paulo. A entrada é apenas para convidados.

O piloto Cristian Baumgart e o navegador Beco Andreotti, que em 2017 conquistaram o bicampeonato do Rally dos Sertões na categoria Carros pela equipe X-Rally Team, receberão um prêmio especial das mãos de Marcos Moraes, diretor-geral do Sertões.

“Ficamos muito felizes com a homenagem, ainda mais em um prêmio tão importante como o Capacete de Ouro. É muito importante o reconhecimento ao trabalho de pilotos, navegadores, equipes e competições”, concluiu.

“Quero agradecer a revista Racing por essa homenagem especial, em uma data oportuna. Afinal de contas, são 25 anos do Rally dos Sertões, um evento gigantesco que só se sustentou durante esses anos todos por dedicação dos pilotos, da equipe e principalmente da Dunas Race, a empresa organizadora do evento. Faço um agradecimento especial ao Marcos Moraes, por acreditar no potencial do Rally dos Sertões e fazer dele um dos maiores do mundo. Temos muito orgulho de ser a dupla bicampeã da competição”, afirma Beco Andreotti.

As duplas Glauber Fontoura e Minae Miyauti (campeã da categoria Pró Brasil do Rally dos Sertões 2017) e Guiga Spinelli e Youssef Haddad (quinta colocada na Geral dos carros) concorrem na série Off-Road do prêmio Capacete de Ouro. Spinelli é o maior campeão do Sertões nos Carros, com cinco títulos na Geral. Também concorrem ao prêmio a dupla André Miranda/Alison Pedroso.

Os melhores do mundo

A premiação terá participação dos pilotos Felipe Massa (Fórmula 1), Hélio Castroneves e Tony Kanaan (Fórmula Indy), Lucas Di Grassi e Nelsinho Piquet (Fórmula E); Daniel Serra, Thiago Camilo e Átila Abreu (Stock Car), dentre outros, que concorrem num total de 15 categorias, em reconhecimento ao trabalho feito por competidores no exterior, nacionais e regionais.

Júri especializado escolheu os finalistas do prêmio e, posteriormente, um colégio eleitoral formado por jornalistas, fotógrafos e profissionais de automobilismo que costumam acompanhar provas em autódromos, kartódromos e trilhas, votou para definir os vencedores de cada categoria, que serão anunciados no evento.

Confira as categorias e finalistas do 21º Capacete de Ouro

Off-Road:
Glauber Fontoura/Minae Miyauti
André Miranda/Alison Pedroso
Guilherme Spinelli/Youssef Haddad

Rali: Ricardo Malucelli/Giovani Bordin, Cláudio Rossi/Eduardo Tonial, Tiago Larossa/KZ Morales

Fórmula 1: Felipe Massa

Fórmula Indy: Hélio Castroneves, Tony Kanaan

Fórmula E: Lucas Di Grassi, Nelsinho Piquet

Internacional Top: Matheus Leist, Christian Fittipaldi, Bruno Senna

Internacional: Felipe Drugovich, Victor Franzoni, Pietro Fittipaldi

Stock Car: Daniel Serra, Thiago Camilo, Átila Abreu

Fórmula 3: Guilherme Samaia, Giuliano Raucci, Igor Fraga

Mercedes CLA: Fernando Jr., Betão Fonseca, José Vitte

Mercedes C250: Cláudio Simão, André Moraes Jr., Raphael Teixeira/Rodrigo Cruvinel

Nacional: Nonô Figueiredo, Berlanda Jr., Rodrigo Baptista

Formação de Pilotos: Bruno Leme, Gabriel Silva, Emílio Padrón

Kart: João Cunha, Marcel Coletta, Bruno Grigatti

Revelação: Gabriel Koenigkan, Vinícius Tessaro, Gabriel Gomez, Fabrício Filho (Nesta categoria, os dois pilotos menos votados receberão o Capacete de Bronze)

.

O Rally dos Sertões tem patrocínio de Honda, Mitsubishi, Divino Fogão, Petrobras Grid, Lubrax e Caixa. Apoio institucional do Governo do Estado de Goiás, Governo do Estado do Mato Grosso do Sul e Prefeitura Municipal de Bonito. Apoio de Pirelli, Cidade Alpha e Truckvan. Supervisão da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo).

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Rally dos Sertões.