A segunda etapa do paulista Off Road que aconteceu este final de semana foi em Itupeva, lugar de parque de diversões e realmente é o lugar de parque de diversões. Largando no Quality Resort Hotel, ao lado do shopping SerrAzul e em frente aos parques Hopi Hari e Wet´n Wild, o rally foi realmente uma diversão e grande parte desta diversão foi por conta do parque que tem atrás do hotel, vocês já vão descobrir o por quê!

Sexta-feira, chegamos ao hotel por volta das 19h depois de um trânsito básico na saída de São Paulo, como de costume, mas principalmente porque domingo era dia das mães, e todo bom filho a casa torna, ao menos para comer uma comidinha caseira que deveria ser preparada para a família no domingo, não é mesmo? Pra gente, antes de visitar nossas mães, paramos para fazer um rally, porque filho também merece um pouco de diversão!!!

Bem, como vocês sabem, sexta, cumprindo o protocolo, secretaria de prova, adesivagem, jogar conversa fora, rever os amigos, briefing e cama. Sim, mais uma vez não dormimos direito na noite que antecede o rally. A TPR (tensão pré rally) bateu forte de ansiedade, ainda mais depois de várias fotos que o Clayton Prado, diretor de prova, colocou no Facebook, do parque de diversões que iriamos passar.

.

.

Relógio nem precisa despertar, já estamos de pé para tomar um café bem delícia no hotelzinho no centro da cidade de Itupeva, enquanto os outros competidores se deliciavam com um banquete servido no hotel Quality, patrocinador da prova. 8 horas em ponto estávamos de volta ao local da largada, que desta vez foi antecipada para as 9 pois muitos viriam de longe para participar do rally e a volta pra casa é cansativa, ninguém queria perder o colo das mães no dia seguinte né? Enquanto aguardávamos a largada do primeiro carro, aproveitamos para distribuir uns bonés do Tulipa Rally para o pessoal da Light que estava em sua primeira prova no Paulista Off Road, e o pessoal gostou. 🙂

Enquanto isso, a Priscilla, cumprindo com as obrigações de navegador, foi carregar trechos no equipamento, conferir planilha no tablet e acertar relógio da prova e horário de largada. Tudo pronto, agora é alinhar o carro e seguir para o pórtico. Exatos 9h23 nós largamos de dentro do hotel e depois de apenas 150 metros de deslocamento já estávamos em trecho navegado. Olhando para o lado, lá estava ele, o parque de diversões por onde iriamos passar, mas foi só para criar uma expectativa na galera, pois passaríamos por lá apenas no final do rally.

.

.

A primeira parte da prova até que foi tranquila, médias muito boas para o terreno que estava seco, e com diversos balaios longos na primeira parte. O trecho da primeira parte, fazenda com reflorestamento, não apresentou dificuldades para a navegação, o que deixa ainda mais acirrada a disputa por uma melhor colocação, já que é difícil alguém errar, ainda mais que só tem gente fera correndo na nossa categoria, a vantagem fica com quem conseguir piscar menos e manter o pé imóvel para não oscilar a velocidade. As curvas aqui também fazem a diferença para se manter regular o maior tempo possível durante a prova.

Depois de um trecho navegado, um deslocamento para irmos sentido Indaiatuba e desta vez andar dentro da Fazenda Pimenta, local muito conhecido pelas provas de rally Cross Country da Mitsubishi CUP que acontecem por lá. Antes, uma pequena pausa no neutro para repor as energias e dali mesmo já iniciávamos a segunda parte da prova.

A fazenda de cana-de-açúcar tem pisos bons e facilita a pilotagem imprimindo um ritmo mais forte, velocidades maiores, e a vontade de acelerar aqui é maior ainda, já que os buracos são poucos e não precisamos ficar muito preocupados com as pancadas que o carro pode levar. Aqui encontramos também alguns balaios, ainda mais compridos, mas trechos de maior velocidade e lombas, muitas lombas. Aqui tivemos muitas mudanças de média, as vezes bruscas, como por exemplo de 27 km/h para 42 km/h, e nessas horas sentimos a diferença que o Remap fez no nosso carro (veja aqui o que fizemos junto com a SFI Chips), antes demorava muito para conseguir subir as velocidades e agora essa processo é muito mais rápido, não é a toa que ficamos colados em duas Pajeros Full no resultado final… A promessa que o Marcio Medina fez com o trabalho da SFI Chips realmente foi muito bem cumprida, e não é só durante o rally que sentimos a diferença não, no dia a dia nossa TR4 ficou muito mais esperta para enfrentar o trânsito de São Paulo também.

Andamos por mais umas 2 horas e chegamos para o deslocamento final, de volta ao hotel da largada, em direção à montanha russa do parque de diversões que falei lááá no começo.

.

.

Chegamos e já nos deparamos com um terreno totalmente diferente do que tínhamos andados até o momento, era um descampado de terra, onde algumas trilhas estavam delimitadas apenas por estacas enterradas no solo, o que causou um certo terror em alguns competidores.

Entramos na fazenda no meio do balaio e já foi um entra aqui, vira lá, sobre lá na frente, desce lá atrás e a nossa sorte que éramos o segundo carro da categoria e não encontramos ninguém perdido  na nossa frente.

O destaque do balaio ficou por conta da descida do tobogã, o que pra mim era como uma montanha russa. Tinha até um neutrinho antes para descer, mas a adrenalina era tanta que a maior parte dos competidores acabou ignorando o neutro e desceu antes mesmo do tempo correto, sorte que a velocidade era de 3km/h no trecho, ou seja, para quem conhece rally, apenas um trecho onde não tinha PC, então pudemos nos adiantar sem perder pontos. Mas logo em seguida é que a coisa ficava feia. O descampado confundiu muitos, mas nós preferimos parar, observar bem e fazer o trajeto sem erros, mesmo que atrasados, mas o importante nesta hora é não perder o PC, não é mesmo Cesinha, Camila, Vernizi, Bevi, e muitos outros ai… rsrsrsrsrs. Ainda bem que não perdemos PC, e terminamos a prova dali uns 5 minutos, já dentro do hotel mesmo.

Confiram nesse vídeo um pouquinho do que foi essa pistinha:

.

.

Agora é aguardar todo o pessoal chegar e escutar as lamentações do povo que errou na pistinha… isso acompanhado de um belo buffet de almoço servido pelo hotel, e uma sobremesa para Lisiane nenhuma botar defeito.

Nesta etapa tivemos a estreia da categoria UTV, então aproveitamos este momento para também apreciar estes “jipinhos” bem legais, que tiveram uma prova montada especialmente para eles, com 50km de especial dentro do parque de diversão e quem foi aprovou! Fazemos votos que nas próximas etapas eles estejam presentes novamente.

.

.

De volta ao almoço, foram apenas mais alguns minutos para os resultados já estarem na mão dos competidores e premiarem os 5 melhores de cada categoria. E na nossa categoria, tudo normal, nada diferente, quem ficou em primeiro são as que mandam no rally de regularidade hoje, Sandra Dias e Minae Miyauti… como elas mandam bem viu. Parabéns garotas, vcs são feras!

E continuando, para nossa alegria, eu e a Pri mandamos muuuuito bem também, e ficamos em segundo lugar!!! E olha que na segunda prova perdemos por apenas 1 pontinho para as vencedoras. 1 ponto significa um décimo de segundo, foi uma piscada que dei a mais durante uma parte da prova, beleza valeu demais… mas se cuida Sandrinha, to na tua cola… huahauhaua.
Troféu na mão, é hora de ver a mãe e a sogra e filar uma boia!

.

.

RESULTADOS

Categoria UTV 

1º 55271pp –  Edimilson Camargo / Glauco Bellezo – Jundiaí
2º 59814pp – Celso Macedo / Belen Macedo – Piracaia – POLARIS 1000
3º 217068pp – Marcelo Saheli / Luanda Lara Calonico Saheli – Jundiaí – POLARIS 1000 XP
4º 271480pp – Arnaldo Storani Filho / Tomas A. M. C. Storani – Jundiaí – POLARIS 1000
NC 552000pp – Fernando Soares da Silva / Daniela Buscaroli – São Paulo – POLARIS 1000

.

13147473_1077108409036462_6547656390982495036_o

.

Categoria SUPER MASTER

1º 464pp – Caio Junqueira / Matheus Mazzei – Juiz de Fora – JIMNY
2º 687pp – Pedro Paulo Oliveira / Wagner de Paula – Juiz de Fora – Troller
3º 821pp – Fabio Fiorini / Orestes Bacchetti Junior – São Paulo – TR4ER
4º 951pp – Ernesto Masamitsu Kabashima / Luiz Durval Brenelli Paiva – São Paulo – Pajero Full 3D
5º 6687pp – Carlos Bevilaqua / Fabiano Bonafé – São Paulo – TR4R
6º 7326pp – Fabio Vernizi / Alexandre Martinez – São Paulo – T4
7º 8530pp – Waldir Hudson Barbosa / Maria Eveli Giani Barbosa – Bragança Paulista – Troller
8º 20302pp – Jean Paulo Kamil / Braulio Ferreira – Juiz de Fora – TR4

.

13123159_1077107972369839_7303247772723803593_o

.

Categoria GRADUADOS

1º 612pp – Glauber Fontoura / Fred Macedo – Santana Parnaiba – Troller
2º 770pp – Daniel Krabbe / Mônica Krabbe – Jacareí – Pajero Full 3D
3º 945pp Paulo Tegon / Andre de Palma Tegon – Itatiba – T4
4º 44817pp Alexandre Lopes Chaves / Pedro Donizeti Della Coletta – Valinhos – PAJERO FULL
NC 564423pp Marcos Leal / Leonardo Martins – Juiz de Fora – PAJERO FULL

.

13130934_1077108249036478_8076491023727526232_o

.

Categoria TURISMO

1º 539pp Sandra Dias / Minae Miyauti – Santana Parnaiba – PAJERO FULL
2º 643pp Leonardo Piccolotto Magalhães / Priscilla Moreira Argentin – São Paulo – TR4
3º 753pp Roberto Torrecillas / Rubens Vieira Pedro – São Paulo – PAJERO FULL
4º 2365pp Willian Iwao Kamada / Naira Miyuki Hirakawa – São Paulo – JIMNY
5º 2745pp Leonardo Lanziotti da Costa / Priscila Nogueira Maciel – Belo Horizonte – L200 TRITON
6º 3697pp Detlef Altwig / Carlos Martinatti – Campinas- ASX
7º 6932pp Carlos Cuevas / Alexandre C Cuevas – São Paulo – Troller
8º 7181pp Renato Leal / Rodrigo Kemparski Pavan – Rio de Janeiro- L200 TRITON
9º 7544pp Guilherme Toniolo Saboia / César Augusto V S Pereira – Bragança Paulista- T4
10º 8061pp Andre Minichelli Mazoni / Camila Leme Marques Mazoni – Guarulhos – L200 Triton
11º 8221pp Renato Martns / Regiane Pagnard Martins – São Paulo- Troller
12º 11957pp Frederik Hendrik Jonker / Frederik Hendrik Jonker – Taubaté – Vitara
13º 16433pp Luiz Renato R Lopes / Debora Avila de Carvalho – Pouso Alegre – L200 TRITON

.

13173445_1077108629036440_7228064086757182436_o

.

Categoria TURISMO LIGHT (15 primeiros)

1º 981pp Gustavo Marques Moraes / Marcelo Carestiato – Nova Friburgo – TR4
2º 1741pp Fábio de Mello Aleixo Machado / Pedro Aleixo Machado – Boituva -T4
3º 2258pp Vinicius de Oliveira Bueno / Bruno de Souza Galvão – São José dos Campos – Pajero TR4
4º 3391pp Marcos dos Santos Costa / Mariana dos Santos Costa – São Paulo- T4 TDI 3.0
5º 3606pp Paulo Guilherme Molin / Aline Carvalho Fonseca – Piracicaba – PAJERO FULL
6º 6726pp Roberto Zanini / Denise Stringhini – São Paulo – Pajero TR4
7º 7982pp – Elisabete G Tavares / Paulo S Tavares – São Paulo – TR4
8º 8485pp – Suzana Veloso Rodrigues / Giuliano Marcio Rodrigues – São Paulo – JIMNY
9º 8659pp – Douglas de Godoy Costa / Joel Leopoldo Costa – Taubaté – PAJERO FULL
10º 9265pp – Sergio A.c.maurano / Adriana Maurano – São Paulo – Pajero TR4
11º 9661pp – Antonio Carlos Mazaro / Isabela A. R. Masaro – Sorocaba – T4
12º 10127pp – Thiago Martino Santos / José Barretto Dias Neto – São Bernardo do Campo – TR4
13º 12213pp – Carlos Dominguez Duarte / Fernando Ferreira Lopes – Santos – Wrangler
14º 13018pp – Rodrigo Tolezano Daraio / Renan Toguchi Alvares – Ribeirao Pires – L200
15º 17453pp – Willy Hardeman Toss / Aline Leite Nogueira – São Paulo – T4

.

13198577_1077108809036422_233762025318564867_o

.

Clique aqui para ver o resultado completo e as performances.

.

A próxima etapa do Paulista Off Road será dia 23 de Julho, em São Luiz do Paraitinga, logo as inscrições estarão abertas!

www.paulistaoffroad.com.br

.

.

Apoiadores2016

.

O post Rally no parque de diversões? Confere aqui como foi a 2ª Etapa do Paulista Off Road apareceu primeiro em Tulipa Rally.