Nesta segunda-feira o destino é a cidade de Santa Terezinha de Goiás e a etapa maratona da competição

Goianésia (GO) – A dupla formada pela piloto Helena Soares e pela navegadora Josi Koerich largaram na segunda etapa (maratona) hoje às 12h18 no trecho cronometrado. Elas saíram do parque de apoio em Goianésia às 10h18 para o deslocamento. Superaram os problemas da primeira etapa, que por pouco as tirou do segundo dia de provas. Na primeira prova, neste domingo, de Goiânia a Goianésia, faltando apenas 30 km para chegar, tiveram que parar por conta do equipamento que ficou comprometido e a largada de hoje se tornou incerta. Elas passaram a noite acordadas, ao lado dos mecânicos, para consertar o carro, e apesar das adversidades, largaram rumo a Santa Terezinha de Goiás.

O primeiro dia de provas da dupla oscilou bastante e já mostrou as dificuldades de um rali como o Sertões. O deslocamento inicial longo ajudou a dupla a se familiarizar com o equipamento e conversar sobre o estilo de cantada (conversa entre navegadora e piloto). Elas saíram empolgadas na largada, mas dificuldades da pista comprometeram o equipamento.

“A especial foi muito dura, muita pilotagem e muita navegação. Muito pesada, com muita dificuldade, terreno muito ruim. O que chamou atenção foi o piso muito liso de serra, se freasse o carro escorregava se acelerasse também. Muito cascalho, pedra solta, um talco por cima que dificultava a leitura de terreno”, relata a piloto Helena Soares sobre a experiência da primeira prova.

Durante a prova, elas fizeram ultrapassagens, alcançaram alguns competidores, mas tiveram que parar algumas vezes para resolver problemas mecânicos e faltando apenas 30 quilômetros da chegada da prova, tiveram que parar e esperar o apoio.

“Vinhamos muito bem, logo nos primeiros quilômetros de prova já alcançamos alguns competidores, tivemos várias ultrapassagens, mas também tivemos enroscos de parte mecânica, com paradinhas pra tentar resolver, insistimos e ao final com 30 km pra terminar a prova tivemos que parar mesmo porque nosso equipamento ficou comprometido. Ficamos na especial à espera do nosso apoio”, conta a piloto.

A prova desta segunda-feira (21) tem um trecho cronometrado de 248,16 km, e os pilotos não podem contar com ajuda mecânica externa. O dia é de maratona. A chegada é em Santa Terezinha de Goiás (GO).

A dupla tem o patrocínio de Smartnex e o apoio da Solution Blindagem, HASKELL, Yen Concessionária Mitsubishi, Pollyanna Lopes Clínica Estética, Casarini Jet Ski e Petroball Combustíveis.

.

Mais informações da equipe:

Facebook e InstagramPiloto Helena Soares

 

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.