A L200 Triton Sport SR da Top Rally Team percorreu o trecho mais longo da competição, de 306 quilômetros, em 4h56min04s. Nesta segunda, começa a etapa maratona.

Goianésia (GO) – A bordo da Mitsubishi L200 Triton Sport SR, Thiago Rizzo e Leonardo Magalhães chegaram em Goianésia, Goiás, na quarta posição entre os carros da carros da Pró-Brasil e a 10ª colocação na geral dos carros, na primeira etapa do 25º do Rally dos Sertões, que aconteceu neste domingo. A dupla do carro #317 da Top Rally Team finalizou os 306 quilômetros de trecho cronometrado em 4h56min04s.

“Passei mal, andei uns 80 quilômetros depois do abastecimento passando muito mal, pensei até em parar para poder descansar porque estava muito difícil. Mas consegui chegar até o final e estou satisfeito de ter completado essa especial, pois bastante gente ficou para trás, inclusive alguns dos favoritos não conseguiram terminar a prova”, avalia Thiago Rizzo.

Thiago e Leo já experimentaram o quanto a edição 2017 do Rally dos Sertões irá exigir de suas habilidades de piloto e navegador. O trajeto da especial cronometrada de 306,82 quilômetros incluiu estradas de alta e média velocidade, pedras, trial, travessia de oito rios, entre vários tipos de terrenos em áreas agrícolas. Ao todo, somando deslocamento inicial e final, a viagem foi de pouco mais de 680 quilômetros.

“A etapa de hoje foi bem complicada. Muito poeira, trial, pedra, muita lombada, muito calor. Agora é preparar bem o carro para a etapa maratona e tentar fazer da melhor maneira possível”, explica o piloto de Petrópolis (RJ).

Para Magalhães a prova foi longa demais e duríssima, nunca antes acontecido na história do Sertões. “Um deslocamento grande inicial de mais de 200 quilômetros. Mas apesar das adversidades do roteiro passamos ilesos do primeiro dia do rali”, comenta o navegador mineiro.

Contratempos – A outra dupla da Top Rally team, Wellington Costa e Rafael Arena, que disputa a categoria Super Production com a Mitsubishi L200 Triton ER #353, passou por apuros na especial cronometrada de hoje. “Um problema no compressor do ar-condicionado, ocasionou outros, como o aquecimento de motor e perda de freios, o que tirou piloto e navegador da disputa do dia a apenas 11 km da especial. Mas os mecânicos substituíram as peças e consertaram o carro, que está pronto para o segundo dia”, detalha o navegador Rafael Arena.

Esta segunda feira marca o início da Maratona do Rally dos Sertões 2017. Nesta etapa, piloto e navegador não contarão com a assistência da equipe, caso precise de manutenção no carro, e terá de contar com seus próprios conhecimentos de mecânica para a resolução de problemas. Na maratona, a dupla pensa em correr mais para recuperar o tempo do primeiro dia. O desafio das duplas da Top Rally Team terá ainda um trajeto cronometrado, de pouco mais de 248 quilômetros, que exigirá boa estratégia do piloto, com muitos mata-burros, depressões e lombadas, em região de fazendas. Estradas mais travadas e bem sinuosas podem proporcionar uma pilotagem prazerosa. A navegação será exigida e a concentração fundamental, em todo trecho cronometrado. O percurso entre Goianésia e Santa Terezinha de Goiás (GO).

Thiago Rizzo e Léo Magalhães são patrocinados por Feirão de Malhas, 3W Distribuidoras de Malhas, Marcobrás Transportes, Speedway Confecções e Posto Mineirão, além do apoio de Mitsubishi Ink, Cerveja Império, Dopamina Drink e Knulu.

Wellington Costa e Rafael Arena são patrocinados por W Costa Construtora e Lar Shopping Materiais de Construção.

.

Resultado da primeira etapa – Carros Pró Brasil:

1° – #342 Wagner Roncon/ Joselito Junior, 4h46min45s49
2° – #311 Glauber Fontoura/ Minae Miyauti, 4h53min09s78
3° – #324 Luis Stédile/ Flavio de Franca, 4h54min30s68
4° – #317 Thiago Rizzo/ Leo Magalhaes, 4h56min04s11
5° – #335 Cleber Rosa/ Joao Ribeiro, 5h20min11s86

.

Mais informações da equipe:

Facebook: Top Rally Team

Instagram: @equipetoprallyteam

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.