Família de veículos Can-Am Maverick aposta na chegada do novo X3 para ampliar hegemonia nos principais desafios do país na temporada 2017

São Paulo (SP) – Potentes, seguros e extremamente divertidos, os UTVs viraram febre e representam a categoria que mais cresce nas competições off-road do país. Os veículos produzidos pela Can-Am são referência no segmento. Atual tetracampeã do Rally dos Sertões, a família Can-Am Maverick conta com a chegada do novo X3 para ampliar a hegemonia nos principais desafios do país na temporada 2017.

A primeira aparição dos UTVs em solo nacional foi no fim de 2011, quando a CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) introduziu a classe de forma experimental no Rally dos Amigos. O grid foi de apenas sete participantes. No ano seguinte, passou a fazer parte dos campeonatos brasileiros de Rally Cross Country e de Rally Baja, além do Rally dos Sertões. A adesão às máquinas cresce a cada ano e em 2016 atingiu o grid de 55 veículos em uma prova do Brasileiro de Baja, recorde absoluto no Brasil.

“A divisão dos UTVs cresce a passos largos, assim como a evolução dos equipamentos”, comentou Adilson Kilca, diretor de rally da CBM. “Os UTVs conquistaram os pilotos de moto e de quadriciclo pela sensação do vento no rosto e do contato com o ambiente da prova. Além disso, a cabine traz mais segurança. Os pilotos de carro também se adaptaram facilmente e ainda encontraram uma forma mais econômica de competir”, comparou Kilca.

Mercado aquecido e o novo Can-Am Maverick X3 – Desde o início da comercialização, em 2011, estima-se que o mercado de UTVs no Brasil triplicou. “Os veículos ainda têm muito potencial de crescimento. Temos um país que favorece a prática de atividades ao ar livre pelas dimensões continentais e os diversos tipos de paisagens. O cenário é perfeito para os UTVs, mesmo a circulação no Brasil sendo restrita a competições e áreas particulares fechadas”, disse Fernando Alves, gerente da operação BRP na América do Sul, grupo canadense responsável pela Can-Am.

“A fábrica tem como princípio a busca constante pela inovação, o que é fundamental para ser referência de vitórias nas principais competições off-road.” A família Can-Am Maverick ampliou sua hegemonia incontestável com o tetracampeonato dos UTVs no Rally dos Sertões, o mais duro desafio do calendário nacional – conquistado em 2016 pela dupla Bruno Sperancini/Breno Rezende.

O último ano também foi marcado pelos três títulos no Brasileiro de Rally Baja (com os pilotos Gabriel Varela, na classificação geral dos UTVs e na classe UTV Turbo, e Deninho Casarini, na UTV Pró). No Brasileiro de Rally Cross Country, Enrico Amarante confirmou as taças da classificação geral dos UTVs e da UTV Pró, o que aumentou ainda mais a extensa lista de títulos da Can-Am desde que os UTVs foram introduzidos nas competições nacionais (confira abaixo).

“Depois dos primeiros modelos Turbo de fábrica, a Can-Am voltou a elevar a categoria dos UTVs ao próximo nível. O lançamento para 2017 é o Can-Am Maverick X3, que possui três versões e o que há de mais inovador em termos de controle, conforto e potência”, concluiu Alves. De acordo com rigorosos testes internos, a máquina de 154 HP chega de zero a 85km/h em apenas 4.9 segundos, impulsionada pelo motor de Eficiência Avançada de Combustão (ACE) Rotax com turbo e intercooler.

Para conhecer todos os detalhes do novo Can-Am Maverick X3, clique aqui.

.

Veja a galeria de títulos da família de UTVs Can-Am Maverick no Rally dos Sertões e nos campeonatos nacionais:

2016

Rally dos Sertões

Categoria UTV – Geral – Bruno Sperancini/Breno Rezende – Can-Am Maverick Xds
Classe UTV Super Production – Bruno Sperancini/Breno Rezende – Can-Am Maverick Xds
Classe UTV Pró – Gabriel Varela/Gabriel Morales – Can-Am Maverick Xds Turbo

Campeonato Brasileiro de Rally Baja

Categoria UTV – Geral – Gabriel Varela – Can-Am Maverick Xds Turbo
Categoria UTV Turbo – Gabriel Varela – Can-Am Maverick Xds Turbo
Categoria UTV Pró – Deninho Casarini – Can-Am Maverick Xds Turbo

Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Categoria UTV – Geral – Enrico Amarante – Can-Am Maverick Xds Turbo
Categoria UTV Pró – Enrico Amarante – Can-Am Maverick Xds Turbo

.

2015

Rally dos Sertões

Categoria UTV – Geral – Bruno Sperancini/Lourival Roldan – Can-Am Maverick Xds
Classe UTV Turbo – Vinícius Mota/Rafael Schimuk – Can-Am Maverick Xds Turbo

Campeonato Brasileiro de Rally Baja

Classe UTV Pró – Rodrigo Varela – Can-Am Maverick Xds Turbo
Classe UTV Turbo – Dimas de Melo Pimenta III – Can-Am Maverick Xds Turbo

Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Classe UTV Turbo – Vinícius Mota/Rafael Schimuk – Can-Am Maverick Xds Turbo

.

2014

Rally dos Sertões

Categoria UTV – Vinícius Mota/Rafael Schimuk – Can-Am Maverick

Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Categoria UTV – Bruno Sperancini – Can-Am Maverick

.

2013

Rally dos Sertões

Categoria UTV – Carlo Collet/Marcos Lara – Can-Am Maverick

.

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder mundial no design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, as embarcações Sea-Doo, os veículos todo-o-terreno e side-by-side Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder, os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário. Com renda anual de mais de CA$ 3,8 bilhões em mais de 100 países, a empresa conta com aproximadamente 7.900 funcionários em todo o mundo.
www.brp.com
@BRPNews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Defender, Maverick, X3 e o logotipo da BRP são marcas registradas da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são de propriedade de seus respectivos proprietários.

.

.

Informações divulgadas pela assessoria de imprensa.